O deputado estadual Nélson Sales (PP) denunciou nesta quinta-feira (18) mais uma estripulia econômica do governo do Estado: menos de um ano depois de iniciada a obra do “Lago do Amor”, o governo aumentou o contrato em R$ 325 mil reais a serem gastos dos recursos próprios do Estado.

“Enquanto morreram mais de 500 pessoas assassinadas em 2017 e neste ano vamos no mesmo caminho, o governo torra o dinheiro que deveria estar sendo investido na segurança e inteligência policial em uma obra totalmente desnecessária”, criticou o deputado.

Nélson destacou ainda o fato da falta de um projeto consistente para a obra, pois nem bem começou e já parou, sendo necessário aumentar a quantidade de dinheiro desperdiçada e questionou: “Onde está o estudo básico da obra e o planejamento da Seop? Por quê aumentar os valores? O governo precisa explicar isso”

Aumentou e publicou

Segundo o deputado, todas as informações estão descritas no extrato do primeiro termo aditivo ao contrato Nº 026/2017/SEOP (PA Nº 0021206-2/2017/Seop) onde o contra foi aumentado em R$ 520.275,52 e por outro lado  suprimidos R$ 195.049,20, com um acréscimo total de R$ 325.225,97.

Com o aditivo o valor da obra passou de R$ 2.349.759,52 para R$ 2.674.985,49. As despesas vão ser pagas com recursos próprios no orçamento do Estado, Fonte de Recursos 100.

“Para se ter uma ideia, o dinheiro que o governo vai descarregar uma obra totalmente questionável, é muito próximo do utilizado para finalizar as obras do Hospital de Urgência e Emergências de Rio Branco [Huerb], da ordem de R$ 3,7 milhões e também com recursos próprios”, complementou o deputado.

Fonte: Assecom-Nélson Sales

Comentários