Na última segunda-feira (22), a Polícia Federal, em Rio Branco/AC, prendeu em flagrante delito uma mulher quando recebia correspondência contendo cédulas de moeda corrente nacional falsificadas.

A ação foi realizada em conjunto com a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios, que, em ação de fiscalização de rotina, constatou que a encomenda acondicionava conteúdo possivelmente ilícito.

Policiais Federais foram acionados e acompanharam a entrega, de forma que uma mulher, destinatária da correspondência, foi presa em flagrante delito no momento em que recebia a encomenda.

Na correspondência foram encontradas 20 (vinte) cédulas ostentando o valor de R$ 100,00 (cem reais), totalizando montante de R$ 2.000,00 (dois mil reais) em cédulas falsas.

A mulher foi conduzida à Superintendência da Polícia Federal no Estado do Acre para lavratura do auto de prisão em flagrante delito e adoção das demais medidas legais, sendo indiciada pela prática do crime de moeda falsa, capitulado no artigo 289, § 1º, do Código Penal, cuja pena máxima cominada pode chegar a 12 (doze) anos de reclusão.

A relevância de trabalhos desta natureza evita a circulação de cédulas falsas no mercado da região e possibilita a identificação de falsificadores ou financiadores da organização criminosa, além de evitar impacto negativo ao sistema monetário brasileiro e à economia nacional.

Comentários