Era por volta das 19h20 desta segunda-feira, dia 16, quando os socorristas do Corpo de Bombeiros foram acionados pelo número de emergência (193), na cidade de Epitaciolândia, de que uma mulher teria sido baleada no ramal Fontenele de Castro, cerca de cinco quilômetros do centro.

Sem uma ambulância, os bombeiros solicitaram o veículo do hospital Raimundo Chaar em Brasiléia, para que pudessem realizar o resgate. Ao se deslocarem ao local, a equipe foi interceptada já próximo à cidade.

A mulher foi identificada como Luzia Lima de Freitas, de 39 anos. Segundo foi apurado preliminarmente, a vítima estaria bebendo em um bar localizado às margens do ramal, quando um homem apenas identificado como Jailson, teria sacado um revolver calibre 22 e efetuou o disparo contra seu peito.

Luzia foi socorrida ao hospital de Brasiléia, onde chegou com vida consciente. Os procedimentos médicos foram realizados e deveria ser transferida para a capital tão logo o diagnostico ficasse pronto.

Devido o projétil ter se alojado na região do tórax e o seu estado de saúde correr o risco de se complicar, Luzia seria preparada para uma cirurgia tão logo chegasse em Rio Branco.

As autoridades policiais se deslocaram ao local, na tentativa de encontrar o suspeito que teria tomado rumo incerto, para ser conduzido à delegacia do Epitaciolândia, e ser entregue ao delegado plantonista, além de descobrirem o motivo do disparo contra a mulher.

Mais informações a qualquer momento.

VEJA VÍDEO COM ALMIR ANDRADE ABAIXO.

Comentários