A promotora alerta que a questão do novo coronavírus atrapalhou algumas reuniões com o Sindicato dos Postos de Combustíveis e donos de postos sobre o tema.

Mas assim que isso passar vamos retomar a investigação e nos reunir com todos os fornecedores para ouvi-los e adverti-los que estamos preparando ação civil pública porque nos queremos ver uma maior agilidade na redução dos preços assim como vemos quando aumentar os valores”, diz promotora (MPE/AC), Alessandra Marques
folhadoacre.com

A promotora de Justiça de Defesa do Consumidor do Ministério Público do Acre (MPE/AC), Alessandra Marques, falou durante entrevista à Aldeia FM, que o MPE prepara ação contra postos de combustíveis que não baixarem o preço do álcool, gasolina e diesel durante os reajustes feitos pela Petrobras nas refinarias.

Alessandra foi questionada se o MPE estava fiscalizando os postos de combustíveis acreanos após a Petrobras reduzir 15% no valor dos combustíveis nas refinais durante esta semana.

“As vezes os donos de postos compram o estoque com um valor alto e precisam vender esse produto até comprar outro já com o reajuste e isso faz com que o preço não reduza na bomba. Mas diante desses reajustes não estamos vendo os mesmo comportamento da baixa no preço na bomba como vemos o comportamento de aumento no valor praticado pelos postos”, diz Alessandra.

A promotora alerta que a questão do novo coronavírus atrapalhou algumas reuniões com o Sindicato dos Postos de Combustíveis e donos de postos sobre o tema.

“Esse período de quarentena por causa do Covid-19 atrapalhou as reunião que teríamos com os revendedores e sindicatos. Mas assim que isso passar vamos retomar a investigação e nos reunir com todos os fornecedores para ouvi-los e adverti-los que estamos preparando ação civil pública porque nos queremos ver uma maior agilidade na redução dos preços assim como vemos quando aumentar os valores”, diz.

Comentários