Conecte-se conosco





Extra

Motorista não é habilitado: Carro atropela casal em moto na BR 317 deixando um morto e um ferido.

Publicado

em

Jovem Jaqueline não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. Paulo Giovane se encontra em observação no hosipital.

Se encontra detido na delegacia de Epitaciolândia, o senhor Edivar Pereira Dutra (51), acusado de ser o motorista que atropelou um casal; Paulo Giovane Gonçalves (31) e Jaqueline Sabino da Silva (23) que estavam em uma moto modelo Kingo, placa boliviana ND 5382, quando ambos transitavam pela BR 317, altura do km 6, rumo ao município de Xapuri.

O sinistro ocorreu entre 19 e 20 horas da noite desta sexta-feira, dia 9. Segundo foi apurado na delegacia e pelo trabalho da Polícia Rodoviária Federal – PRF, que esteve no local, o motorista Edivar transitava no carro utilitário modelo Fiat/Strada, placa NAB 3317, rumo à comunidade Nari Bela flor, localizada no ramal do km 9 da BR.

Carro após ser localizado foi levado para o pátio da delegacia, juntamente com a moto em que estava o casal.

Ao se aproximarem do ferro-velho onde teria dois quebra-molas que foram retirados com o melhoramento da BR, o veículo colidiu na parte traseira da moto violentamente. A jovem de 23 anos que estava na garupa ainda teria chegado com vida no hospital, mas, não resistiu e morreu e o rapaz sofreu vários ferimentos pelo corpo, incluindo fraturas.

Seguindo os trabalhos no local, os patrulheiros conseguiram identificar e prender o motorista do carro. Este é acusado de se evadir do local sem prestar socorro, não ser habilitado e outros crimes previstos no Código Penal Brasileiro.

Consta do relatório, que o mesmo tentou esconder o veículo no fundo do quintal com marcas do acidente; capô e frente amassados, para-brisa trincado, partes das vítimas com sangue e partes da carenagem da moto ainda estavam na lataria do veículo, coberto por uma espécie de lençol.

Local do acidente na BR 317, km 6 entre Epitaciolândia e Xapuri.

No início do depoimento, disse que acreditava ter batido em algum animal, mas, depois confessou seu envolvimento no atropelamento do casal na estrada. O corpo da jovem foi resgatado do local para os procedimentos do IML e o piloto se encontra em observação no hospital.

O carro e a moto foram levados para a delegacia de Epitaciolândia. O caso agora passa aos cuidados do delegado titular, Luís Tonini, e sua equipe de investigadores.

Jovem ainda chegou com vida no hospital, mas, não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Comentários

Em alta