Acássio foi detido por dirigir sobre efeito de álcool, não portar habilitação e desacato - Foto: Almir Andrade
Acássio foi detido por dirigir sobre efeito de álcool, não portar habilitação e desacato – Foto: Almir Andrade

Por Almir Andrade

As leis contra quem ingere bebida alcoólica e dirige estão cada vez mais duras e vem sendo cumpridas a risca. O jovem Acássio Alves de Souza da Silva (24), resolveu não atender os inúmeros apelos midiáticos e orientações para o fato de que se for beber não dirija. O resultado: foi preso em flagrante e se encontra detido na Delegacia de Epitaciolândia.

Tudo ocorreu quando, na manhã deste sábado, Acássio foi até a Delegacia da cidade procurando por um servidor. Ocorre que o mesmo estava em visível estado de embriagues alcoólica e pilotava uma moto boliviana. Ao ser abordado por Policiais Civis e Militares que estavam na Delegacia, Acássio afirmou não ter Carteira Nacional de Habilitação e que estava ingerindo bebida alcoólica desde o dia anterior. Acássio também desacatou os policiais. Diante dos fatos o mesmo foi preso em flagrante.

DSC05882No período da tarde o Delegado plantonista Sérgio Lopes, lavrou o flagrante e arbitrou a fiança em R$ 1.000,00 (hum mil reais). Acássio alegou que não tem condições de pagar tal valor e por isso continuará preso. A motocicleta, uma Biz da marca Kingo, foi levada para o pátio do Batalhão da Policia Militar em Brasileia.

Acássio será processo pela Justiça Pública de acordo com o Art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro que trás a proibição de “Conduzir veículo automotor, na via pública, estando com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a 6 (seis) decigramas, ou sob a influência de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência”.

Na sexta-feira, outro motorista, que dirigia um caminhão da empresa Eucatur também foi preso em flagrante pelo mesmo crime. No entanto, o mesmo pagou a fiança no valor de R$ 1.500,00 e responderá o processo em liberdade.

 

Comentários