Conecte-se conosco





Cotidiano

Morador baleado em tentativa de sequestro segue internado no Pronto-Socorro de Rio Branco

José Vieira acabou perdendo o rim após ser atingido por tiro. Ele passou por cirurgia no abdômen e está internado na clínica cirúrgica do PS com quadro estável. Assaltante morreu após ser baleado por PM que passava no local do crime.

Publicado

em

José Vieira está internado no PS após passar por uma cirurgia no abdômen – Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Por Iryá Rodrigues

Após três dias, o morador José Augusto Vieira, de 57 anos, baleado durante uma tentativa de sequestro na sexta-feira (4) na Rua 6 de Outubro, bairro Quinze, em Rio Branco, segue internado no Pronto-Socorro da capital. A informação foi confirmada pela direção do hospital.

Vieira pegou um tiro que atingiu o intestino e o rim esquerdo precisou ser removido. Ele passou por uma cirurgia no abdômen. Conforme o diretor do PS, Areski Peniche, ele continua na clínica cirúrgica da unidade e o quadro de saúde é estável. “Está evoluindo bem. Só recebendo a visita diária da equipe de cirurgia geral. Se não tiver nenhum tipo de intercorrências, deverá ter alta em breve.”

O suspeito de cometer um assalto e balear Vieira, durante a tentativa de sequestro e fuga, Wivile Ferreira, de 22 anos, morreu no PS após ser baleado por um PM à paisana que passava no local da ação criminosa.

O rapaz foi atingido com um disparo na região pélvica e morreu na sala de trauma da unidade, antes mesmo de ir para centro cirúrgico.

Imagens exclusivas obtidas pela Rede Amazônica mostram o momento exato que um policial à paisana reage a um assalto e evita que José Augusto Vieira seja sequestrado.

PM se apresentou à polícia

O policil militar que atingiu Wivile Ferreira durante a ação criminosa se apresentou na Delegacia de Flagrantes (Defla) e foi ouvido pelo delegado Frederico Tostes. Após o depoimento, o militar foi liberado. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Uma escopeta que teria sido usada pelo suspeito foi apreendida. A arma também foi enviada para a delegacia especializada. Segundo o delegado, o policial reagiu aos disparos feitos pelo suspeito.

“As medidas foram tomadas, foi feita perícia e se o delegado da DHPP achar que houve algum tipo de excesso, vai chamar o PM e juntar o laudo pericial para abrir o inquérito. Veio um major e conversou comigo também e, aparentemente, não houve nenhum excesso do policial”, afirmou o delegado.

Wivile Ferreira morreu no PS após ser baleado por PM à paisana durante assalto – Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

Equipe de TV chegou minutos depois

Uma equipe da Rede Amazônica Acre se preparava para entrar ao vivo no jornal com informações sobre a vacinação contra Covid-19 na Unidade de Referência de Atenção Primária (Urap) Eduardo Assmar, quando ouviu os disparos de arma de fogo.

Ao chegar na rua ao lado, encontraram o motorista já ferido e o assaltante sentado no banco de trás do veículo, baleado, e quase sendo linchado pela população.

Vítima e assaltante foram atendidos pelo Samu e levados ao Pronto Socorro de Rio Branco – Foto: Lidson Almeida/Rede Amazônica

Comentários

Em alta