Nova secretária já trabalhou no Acre como gestora da Maternidade Bárbara Heliodora.

Pediatra Mônica Feres Kannan assume a Sesacre após a saída de Alysson Bestene — Foto: Tálita Sabrina/Rede Amazônica Acre
Da redação com jornais do Acre

Ao anunciar a médica pediatra Mônica Machado como nova secretária de Saúde do Acre, o governador Gladson Cameli (PP) afirmou que ao contrário do que aconteceu quando Alysson Bestene assumiu, que já havia espaços da saúde negociados com alguns grupos políticos, a nova secretária terá carta branca para resolver a questão despolitizando a saúde pública.

“Eu disse a ela que ela tem autorização para despoliticar a saúde. Quando o secretário Alysson assumiu já havia alguns acordos políticos e isso não vai acontecer agora”, diz.

Gladson afirmou ainda que está em busca de soluções para diminuir as filas em hospitais e resolver outras questões da área da saúde pública do Acre.

A nova secretaria diz que trabalhará tecnicamente e buscará soluções para resolver problemas da saúde do Acre. Mônica Machado diz que tem exata noção dos problemas da saúde do Acre e que está pronta.

“As palavras de ordem são gestão, meritocracia e resolutividade”, diz.

Governador Gladson Cameli e secretários durante coletiva nesta segunda-feira (3) — Foto: Tálita Sabrina/Rede Amazônica Acre

Saída e cartel

Na coletiva, o governador Gladson Cameli assumiu que ocorreram alguns erros no início da gestão que atrapalharam os trabalhos na Saúde, como uma politização na pasta. Cameli frisou que tem total confiança no ex-secretário e a relação dos dois ultrapassa qualquer situação política e partidária.

___________

“Ele é meu irmão. Confio no Alysson. Sobre a lealdade do secretário comigo e eu com ele podem ter certeza, além da índole dele de respeitar, é uma pessoa de inteira confiança”, afirmou.

___________

Cameli não falou claramente sobre os principais motivos para a saída de Bestene. Porém, ele contou que desconfia que exista um ‘cartel’ dentro da Saúde, que seria formado por médicos e outros servidores para impedir o funcionamento da pasta.

Problemas

O ex-secretário falou que pretende continuar ajudando no governo, mesmo não estando mais à frente da pasta. Ele afirmou que foi um panorama dos problemas encontrados deste a transição de o governo até a sua saída e entregue às autoridades.

“Alinhamos para que todo esse processo de trabalho seja o melhor para a população, nunca prometemos uma saúde de primeiro mundo, é uma utopia. Sempre trabalhamos uma saúde de qualidade para que aquele pai de família tenha o atendimento garantido, que o Sistema Único de Saúde funcione para que realmente tenha uma saúde de qualidade”, argumentou.

Quem é a nova secretária de Saúde

A nova secretária de Saúde é a médica intensivista Mônica Feres Kannan Machado que até a semana passada atuava em Brasília, com consultório na região do Cruzeiro, além de atender em hospitais da cidade Satélite de Ceilândia.

Além de atuar na capital federal também passou em concursos no Pará e Minas Gerais, além de prestar serviços também no Rio de Janeiro.

Sua indicação é pessoal do governador que a trouxe para o Estado no início do mandato para fazer um levantamento completo da situação da saúde no Estado, que lhe foi entregue recentemente.

Monica é clínica geral, atuou na área de medicina do trabalho e tem especialização na área intensiva e neonatal, um dos grandes gargalos da saúde do Estado do Acre.

Comentários