Alexandre Lima

Os agentes da Polícia Civil do Município de Brasiléia, juntamente com os peritos que se deslocaram da Capital, distante 240km, estão tentando descobrir de quem seria uma ossada humana que foi encontrada por um colono que procurava castanha numa propriedade localizada a no ramal do km 13 da Estrada do Pacífico.

Segundo foi informado, o colono (nome não divulgado), caminhava por dentro da mata como de costume à procura de ouriços de castanha, quando percebeu que havia uma rede esticada próximo ao caminho que utilizava de vez enquanto.

Ao se aproximar, viu que havia pertences pessoais e numa árvore ao lado, percebeu que tinha um crânio e vários ossos espalhados pelo chão. Um espécie de tolha foi encontrada com um nó e cabelos.

A cena dá conta de um suposto suicídio por enforcamento, mas, ainda séria cedo para esta conclusão. Os peritos foram até o local para encontrar alguma coisa que possa identificar de quem seria a ossada, já que existe pertences pessoais no local.

Outro fato que chama atenção, é que ninguém registrou nenhum boletim de ocorrência sobre pessoas desaparecidas nos último seis meses. Da forma em que foram encontrados os ossos, se acredita que este tenha morrido a cerca de três meses.

Pedaço de pano que contem cabelo e a ossada que estava embaixo leva a crer em primeira-mão, de possivel suicídio.

Perícia chegou da Capital para buscar informações sobre o caso.

VEJA VÍDEO COM ALMIR ANDRADE:

Comentários