fbpx
Conecte-se conosco

Geral

Ministério Público do Acre vai rever Recomendação sobre escolas militares, informa deputado coronel Ulysses

Publicado

em

O Ministério Público do Acre vai reavaliar a Recomendação direcionada às escolas militares do Acre contrária à imposição aos alunos de padrões estéticos e comportamento típicos do modelo militar. A informação é do deputado coronel Ulysses(UB) que entrou em contato telefônico com o procurador-geral de Justiça, Danilo Lovisaro, criticando a Recomendação. Por seu lado, o procurador-geral afirmou que não comunga com as orientações contidas na Recomendação, se solidarizou com as posições do deputado e adiantou que a elaboração de um documento direcionado ao Governo do Estado é de competência dele próprio como procurador-geral. ”A Recomendação certamente será reavaliada”, afirmou o procurador.

O deputado coronel Ulysses elogiou a posição do procurador-geral, “que revela sabedoria, equilíbrio e imparcialidade”. A Recomendação, elaborada em conjunto entre Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Acre(MP/AC)produziu enorme reação contrária entre pais de alunos, Associação dos Militares do Acre (Ameac) e uma contundente desaprovação do parlamentar. ”Recebi dezenas de reclamações de pais e mães de alunos contra a Recomendação”, acrescentou.

Admiração

O deputado lembrou que as regras existentes nas escolas militares acreanas contam com o respeito e admiração da comunidade em geral. “O regimento Interno existente nas escolas militares contribuem para a consolidação moral e intelectual dos alunos, estimulam para a formação sólida de valores sociais e consolidam uma efetiva noção de cidadania”, acrescentou o parlamentar.

As escolas militares, enfatizou o deputado, por seu padrão de excelência, preocupação social e rigor na disciplina favorecem que seus alunos fiquem protegidos das más influências, da delinquência(como as facções) e do atrativo às drogas. Por isto mesmo, continuou o deputado, é que as escolas militares acreanas se consagraram como modelo não só de informação pedagógica mas também de formação cívica e hoje figuram como autênticos exemplos de ensino e educação. E as regras militares contribuem decisivamente para o sucesso e reconhecimento destas escolas por toda a sociedade acreana.

Comentários

Continue lendo

Geral

Ex-prefeito é multado pelo Tribunal de Contas por não prestar contas de recursos da alagação de 2019

Publicado

em

O ex-prefeito vive com a família em Paris, na França. Ele perdeu o mandato após ser cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral. No mês passado, o (TCE-AC) também julgou irregulares as contas de Ilderlei Cordeiro, referente ao ano de 2020.

Ilderlei é ex-prefeito de Cruzeiro do Sul/Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas da União (TCU) multou o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, ao pagamento de R$ 20 mil em razão da omissão da prestação de contas de recursos federais, repassados pelo Ministério do Desenvolvimento, em 2019, referentes ao restabelecimento de aéreas afetadas pelas enchentes no município.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (23). Ainda no acórdão do TCU, fica estabelecido o prazo de 15 dias para que Ilderlei pague o valor ao Tesouro Nacional. Caso não haja o pagamento, o valor será cobrado de forma judicial.

O acórdão ainda anuncia que a decisão deverá ser repassada à Procuradoria da República no Acre para as devidas medidas cabíveis.

Atualmente, o ex-prefeito vive com a família em Paris, na França. Ele perdeu o mandato após ser cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral. No mês passado, o Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC) também julgou irregulares as contas de Ilderlei Cordeiro, referente ao ano de 2020.

Comentários

Continue lendo

Geral

VÍDEO: Acusado de participar de ataque no Taquari que deixou um morto e um ferido tem HC negado

Publicado

em

O detento Benedito Taylon Araújo Colombo, teve a liminar de um habeas corpus negada.

A decisão foi da Desembargadora Denise Castelo Bonfim, presidente da Câmara Criminal.

No recurso, a defesa alega que as provas contra o réu são questionais.

Segundo a advogada  constam apenas, o  relatóio do Sistema Sentry View, ( CERCO) que apontou algumas imprecisões do trajeto realizado pelo automóvel de paciente do preso, bem o depoimento dos militares envolvidos na prisão dele.

Com base nesses argumentos, foi pedido que Benedito aguarde a instrução do processo em liberdade por excesso de prazo ou tenha a substituição da prisão por medidas cautelares.

A relatora do processo, negou o pedido e disse que a concessão de liminar em habeas corpus é medida excepcional, somente cabível quando, observa-se algum constrangimento.

Benedito Taylon e outros seis presos, foram denunciados por um ataque, ocorrido em 15 de agosto do ano passado, no Bairro Taquari.

Durante a ação criminosa Maicon Douglas da Silva Moreira foi executado  a tiros e, a esposa dele, atingida com um tiro de raspão na região da cabeça.

Na hora da fuga, o bando foi surpreendido por rivais. Alvejado a tiros,  o grupo abandou o carro e fugiu a pé, mas acabou preso pela Polícia Militar, quando saia de uma área de mata.

Os sete réus foram denunciados pelos crimes de homicídio qualificado, tentativa de assassinato. Corrupção de menor e também por integrar organização criminosa.

Comentários

Continue lendo

Geral

Francisco Piaba é recebido com carinho durante convenção partidária no Sesc Bosque

Publicado

em

O vereador Francisco Piaba (União Brasil) recebeu o carinho da população da Capital na convenção partidária realizada na segunda-feira, 22, no Sesc Bosque, que oficializou sua candidatura à reeleição, dos demais candidatos a uma vaga na Câmara de Rio Branco, e a do prefeito Tião Bocalom, que também concorre à reeleição, acompanhado do seu vice, Alysson Bestene.

“Agradeço a atenção de todos. Fico feliz em poder ajudar minha cidade, os que mais precisam, tanto da zona urbana como rural. Esse foi um evento muito bonito, que demonstrou que o União Brasil, PL, PSDB, Cidadania, Solidariedade, Progressista e Podemos estão juntos e fortalecidos.

Essa é a festa da democracia”, destacou o parlamentar.

Comentários

Continue lendo