Cerca de mil militares da reserva das Forças Armadas, policiais e bombeiros militares da ativa vão atuar na gestão educacional das instituições

Começou nesta terça-feira (10) a primeira capacitação dos profissionais participantes do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, que vai contar com 216 escolas até 2023.

No total, 170 profissionais da educação e representantes de estados e municípios se reuniram em Brasília para participar de palestras e oficinas sobre o projeto político-pedagógico das escolas, as normas de conduta, avaliação e supervisão escolar, além da apresentação das regras de funcionamento das escolas e as atribuições de cada profissional.

O evento é destinado a dois grupos envolvidos no programa: diretores e coordenadores de escolas e pontos focais de secretarias estaduais e municipais de Educação, que vão trabalhar como multiplicadores da informação em suas regiões.

De acordo com o Ministério da Educação, cerca de mil militares da reserva das Forças Armadas, policiais e bombeiros militares da ativa vão atuar na gestão educacional das instituições.

Comentários