Médicos brasileiros formados no exterior fizeram nesta segunda-feira, 25, uma manifestação pacífica em frente à sede do CRM/AC, em Rio Branco.
A Lei brasileira permite a contratação emergencial de médicos formados no exterior em situações específicas.

É a lei 12.871/2013 – do Programa Mais Médicos. Através dela cerca de 5 mil médicos formados no exterior já atuam espalhados por mais de 4 mil municípios brasileiros.

Vivemos hoje uma pandemia do Corona Vírus (Covid-19) de proporção mundial. A falta de médicos é uma dura realidade.

O CFM e as associações médicas dizem que não faltam médicos. Será? A realidade mostra justamente o contrário. Impedir o trabalho desses médicos onde mais se precisa deles é uma crueldade com a população carente.

As Universidades Públicas já deveriam estar com procedimentos de Revalidação em andamento, mas não estão. O MEC anunciou o Revalida somente para outubro. Toda essa burocracia é fruto do corporativismo e da reserva de mercado mais cruéis e perversas do mundo.

Esperamos que os Conselhos e Associações de Médicos disponibilizem profissionais para atender no interior do Brasil. Do contrário, a morte de milhares de pessoas sem atendimento pode ser colocada na conta deles.

Comentários