Conecte-se conosco





Geral

Média móvel de casos de Covid-19 cai mais de 73% no Brasil

Publicado

em

Em 100 dias, a média móvel de óbitos por Covid-19 no Brasil chegou a esta terça-feira (28) com redução de 73,30% nos registros. No boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, quatro estados não registraram novos óbitos pela doença nas últimas 24 horas. Com média móvel em 541,93, registros de novos óbitos seguem com tendência de queda desde o mês de junho.

O Ministério da Saúde também iniciou o envio de doses de reforço e adicional. Com isso, Estados e municípios começaram a reforçar a imunidade de idosos, imunossuprimidos e indígenas com a aplicação de 639,1 mil doses até o momento. Profissionais de saúde passaram a fazer parte dos grupos prioritários. Importante reiterar que o reforço deve ser feito com o imunizante da Pfizer.

Até o momento, 233,2 milhões e doses de vacina foram aplicadas nos braços dos brasileiros. O resultado da maior campanha de vacinação da história do País, mostra que o Brasil segue no caminho certo.

A média móvel de casos também segue em queda nos últimos três meses. Ainda que o cenário esteja mais controlado, as medidas preventivas para evitar o contágio do vírus seguem como protocolos adotados pelo Ministério da Saúde e autoridades sanitárias. Usar máscara, manter uma distância segura de pelo menos 1 metro, além de reforçar a higiene das mãos são as medidas que devem ser mantidas.

Das mais de 233,2 milhões de doses de vacina aplicadas, 145,2 milhões de brasileiros já tomaram a primeira dose. O número corresponde a 91,9% da população adulta. Além disso, 87,9 milhões tomaram a segunda dose ou dose única do imunizante, ou seja, 55,6% completaram o esquema vacinal. Os números colocam o Brasil em quarto lugar no ranking mundial dos países quem mais aplicaram doses na população.

 

Por: 

Comentários

Em alta