Conecte-se conosco





Acre

Marcio Bittar prega ‘respeito mútuo’ a apoiadores de Gladson e Ulysses

Publicado

em

Certo de que a eleição ao governo terá dois turnos, o emedebista aconselha clima de paz e cortesia na oposição.

Marcio Bittar recomenda que as direções partidárias não façam uso de ‘camisas-de-força’ (Foto: Reprodução)

COM ARCHIBALDO ANTUNES

Preocupado com a exaltação expressa nas redes sociais por parte de membros de partidos que agora se dividem em duas chapas para o governo do Estado, Bittar tenta convencer a todos a conterem os ímpetos. “A hora é de manter a cabeça fria e não esquecer que os nossos adversários estão no PT”, disse ele no áudio vazado no fim de semana, antes de recomendar que se mantenha o “respeito uns pelos outros”.

________________________

A lógica do postulante ao Senado baseia-se na convicção de que a eleição para o governo estadual será decidida em dois turnos. Daí a necessidade de as equipes de Gladson e de Ulysses Araújo trabalharem num ambiente pacífico e cortês.

________________________

Quanto às chapas de deputado estadual e federal das duas alianças que se formam na oposição, Marcio Bittar recomenda que as direções partidárias não façam uso de ‘camisas-de-força’. Com isso ele admite como inevitáveis as situações em que candidatos proporcionais de um grupo optem por apoiar o candidato majoritário do outro.

“Devemos ser rigorosos apenas no controle dos candidatos proporcionais em relação ao PT”, concluiu ele.

Comentários

Em alta