lourodiniz-400x240Ton Lindoso, da ContilNet

A denúncia de descaso do governo com relação à avenida Marinho Monte, em Brasileia, feita por ContilNet e oaltoacre.com, continua rendendo. Em discurso na Assembleia Legislativa do Acre, o líder do PT na Casa, Lourival Marques, disse que o senador Jorge Viana não é responsável pelas atuais condições da rodovia, e que a responsabilidade é da prefeitura.

A avenida é uma continuação da BR-317 e está sob a responsabilidade do governo federal. Mesmo assim, Marques afirma que Jorge – que entregou a obra quando governador – não é culpado.

“O Jorge, mesmo não sendo responsável pela avenida, anunciará novidades com relação à rodovia amanhã. O prefeito não quer sequer sentar com negociações e nega ajuda do governador Tião Viana por birra. Ele não quer dar autorização para o governo assumir a obra, que irá beneficiar Brasileia e região, além de turistas que precisam da avenida”, disse o petista.

A polêmica teve início quando Jorge teria criticado o prefeito Everaldo Gomes (PMDB) devido às condições do perímetro urbano da Estrada do Pacífico. Na ocasião, o prefeito rebateu as críticas e, em nota, afirmou que enviou documentos ao governador Tião Viana pedindo ajuda ao Estado, mas que até o momento o contato não teria sido respondido.

Eliane Sinhasique (PMDB), que fez o uso da palavra logo após Marques, questionou a “falta de delicadeza” do deputado, por usar dos vários minutos da sessão para fazer “declarações equivocadas”.

“A deputada Leila Galvão (PT) foi prefeita por oito anos e não fez a avenida. Mesmo com governo do PT ao seu lado, não fez. Aí fica reclamando do prefeito que não fez em três anos”, rebateu a peemedebista.

Quem ainda falou sobre o assunto foi o deputado Gehlen Diniz (PP). Ele classifica o problema como falta de gestão e acusa o governo de usar o caso para fazer politicagem.

“Porque vai brigar com o prefeito por algo que ele afirma ter dinheiro para fazer? Quer trabalhar, então olhe para Sena Madureira; tenho certeza que o prefeito Mano irá realocar o recurso para nossa avenida, a Avelino Chaves. Mas agora, querer fazer politicagem com o caso, porque o prefeito é de oposição, é complicado”, afirmou Diniz.

Comentários