Homem forte do governo Lula, o mensaleiro recebeu repasses de empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras

VEJA

TENTÁCULOS – O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu: consultoria para empreiteiras do petrolão(Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)
TENTÁCULOS – O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu: consultoria para empreiteiras do petrolão(Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado no processo do mensão, É visto saindo do Centro de Progressão Penitenciária (CPP), em Brasília, rumo ao seu trabalho em um escritório de advocaciaTENTÁCULOS – O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu: consultoria para empreiteiras do petrolão(Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

O ex-ministro José Dirceu faturou 29,2 milhões de reais com a prestação de serviços de consultoria de 2006, depois de deixar o governo Lula, a 2013. Os dados constam em documento elaborado pela Receita Federal que analisou a movimentação financeira da empresa de Dirceu, a JD Assessoria.

Só em 2013, a empresa de Dirceu faturou 4,2 milhões de reais. Dirceu iniciou o cumprimento de pena pela condenação no mensalão em dezembro e ganhou o direito de responder em regime aberto a partir de novembro do ano passado.

Nenhum ano foi tão lucrativo para Dirceu quanto 2012: amealhou 7 milhões de reais.

A movimentação financeira do ex-homem forte do governo Lula consta de dados requeridos pelos investigadores da Operação Lava Jato da Polícia Federal. Agora, o juiz federal Sérgio Moro retirou o sigilo dos autos em que houve a quebra do sigilo fiscal e bancário de Dirceu. A decisão ocorreu depois que o empresário Gerson Almada, sócio da Engevix, prestou depoimento sobre Dirceu.

No rol de clientes de Dirceu há diversas empresas envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras, mas também há gigantes de outros setores, como a Ambev.

Comentários