João Renato Jácome

A jovem Antônia Lucineide, de 22 anos, foi surpreendida nesta semana após receber uma encomenda pelos Correios. Após enviar um aparelho de celular par a assistência técnica, ela recebeu de volta apenas um caixa de papelão com uma barrão de sabão dentro.

Antônia comprou em abril deste ano um celular no valor de R$1.080. Após um mês o aparelho apresentou problema, ela procurou a loja onde efetuou a compra e o celular foi enviado para a GR Assistência Técnica, situada em Jundiaí, em São Paulo.

saba_01

“Abri a caixa, a primeira fácil acesso, a segunda muito complicado muito bem embalado. Quando eu abri já senti o forte cheiro do sabão, e achei que aquilo era impossível.  Eu quero outro celular ou então o dinheiro”, diz a jovem.

A reportagem da TV Juruá, de Cruzeiro do Sul, procurou a Agência dos Correios, e foi informada sobre a feitura de um termo de constatação da irregularidade. Além disso, os Correios informou que a embalagem foi novamente remetida a São Paulo, de onde foi enviada. Um processo administrativo será aberto.

O gerente da empresa que vendeu o celular disse que o telefone foi vistoriado nos Correios antes de encaminhar para a assistência, e verificou que o aparelho estava na caixa. O problema estaria entre a agência dos correios de São Paulo e a assistência.

Comentários