Conecte-se conosco





Acre

Jair Bolsonaro assina contrato de venda dos aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Sete terminais que compõem o Bloco Norte da 6° Rodada de Concessões de Aeroportos, incluso no Programa de Parcerias de Investimentos e no Programa Nacional de Desestatização. O Bloco Norte é formado pelos aeroportos de Manaus, Tabatinga e Tefé, no Amazonas; Porto Velho, em Rondônia; Rio Branco e Cruzeiro do Sul, no Acre; e Boa Vista, em Roraima. A cerimônia foi realizada no fim de setembro em Boa Vista com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

De acordo com o ministro Tarcísio, serão investidos R$ 1,5 bilhão pela empresa em pontes de embarque, ampliação de terminal de passageiro, aumento de capacidade, aumento de pátio, táxi e o que mais for necessário para aumentar a conectividade do estado com o resto do país.

A importância do Bloco Norte se traduz na sua vocação econômica voltada ao turismo ecológico, turismo de negócios, táxi aéreo e transporte de cargas para a exportação. Além disso, a região serve como base de apoio aos municípios vizinhos, contribuindo para a integração regional e nacional.

O Bloco Norte teve como vencedora da licitação a Vinci Airports, que ofereceu R$ 420 milhões – ágio de 777% em relação ao lance mínimo inicial, de R$ 47,8 milhões. A empresa francesa já atua no Brasil com a operação do aeroporto de Salvador, na Bahia.

Comentários

Em alta