Número total de mortos vai a 4.825. Na última quinta (19), o país europeu superou a China nesse registro.

Coronavírus na Itália: caixões são baixados no cemitério de Ferrara, norte do país, a partir de um comboio militar vindo de Bergamo, cidade no epicentro do surto do vírus no norte da Itália, sábado (21) — Foto: Massimo Paolone/LaPresse via AP

A Itália registrou um novo recorde de mortes por coronavírus em 24 horas, com 793 registros neste sábado (21).

Isso eleva a 4.825 o número de mortos pela pandemia na península em um mês, segundo dados da Proteção Civil.

Na última quinta (19), a Itália superou a China em número de mortos pela Covid-19. Até aquele dia, o país europeu contabilizava 3.405 mortes desde o início do surto, enquanto os chineses registravam 3.245.

Recorde também de novos casos

Ainda neste sábado, as autoridades italianas anunciaram 6.557 novos casos positivos, outro recorde.

O número total de casos subiu para 53.578, um aumento de 13,9%, informou a agência de proteção.

A região de Milão, Lombardia (norte), onde os serviços de saúde estão sobrecarregados, registrou a grande maioria das mortes (546) deste sábado e metade dos novos casos. Lá , o total chega a 3.095 mortes e 25.515 casos.

Das pessoas originalmente infectadas em todo o país, 6.072 haviam se recuperado totalmente até sábado, em comparação com 5.129 no dia anterior.

Havia 2.857 pessoas em terapia intensiva contra as anteriores 2.655.

Comentários