fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

‘Irresponsabilidade’, diz pai de Amélia Marques sobre atraso de funerária para translado do corpo ao Acre

Publicado

em

Corpo da terceira vítima fatal da queda de avião em Manoel Urbano, em março deste ano, foi velado e enterrado na manhã desta quarta-feira (29) em Rio Branco. Família diz que atraso no translado do corpo por parte da funerária impossibilitou que o velório fosse mais longo.

Amélia Cristina morreu em Manaus após mais de dois meses internada em decorrência da queda de avião no AC. Foto: Arquivo pessoal

“Considero um descaso. O ser humano é tratado como uma mercadoria. Parece que o Acre não tem respeito e o que aconteceu com a funerária foi um absurdo, uma coisa que não deveria acontecer, principalmente com a família que aguardava o corpo”.

Este foi o depoimento dado por Manoel da Rocha Neto, pai de Amélia Cristina Marques, terceira vítima fatal da queda do avião em Manoel Urbano, interior do Acre, em março deste ano. A biomédica morreu na tarde da última sexta (24) no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na capital amazonense. O corpo dela chegou às 23h de terça (28) e foi enterrado na manhã desta quarta (29).

‘Lembranças’

O velório e enterro da biomédica Amélia Cristina Rocha, de 28 anos, estavam marcados para manhã e tarde de terça-feira (28), respectivamente. O corpo iria sair de Manaus na noite desta segunda (27) em um voo comercial. Contudo, a funerária contratada atrasou cerca de uma hora e perdeu o horário de embarque. Com o atraso, a família ficou com pouco tempo para velar e se despedir da jovem.

“A Amélia era uma menina extrovertida, alegre, comunicativa, tocava violão como ninguém, cantava na igreja dela. Ela tinha um desenvolvimento mental muito bom, falava com todos […] não vou ter mais o ‘benção, pai’, ‘tchau, pai”, aquele negócio. Ela chegava em casa, pedia a bênção, e quando saía dizia assim: ‘eu te amo, pai’. São as lembranças. Foram 28 anos, uma vida de sucesso, de alegria. Essas são as lembranças que vamos guardar para o resto da vida.”

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Alunas enfrentam onça-pintada a caminho de escola em Sena Madureira; veja o vídeo

Publicado

em

O felino não atacou, mas também não cedeu espaço, o que obrigou as estudantes a retornar para suas casas. O registro da ocorrência foi feito pelo vereador José Costa (PP), que estava realizando visitas no ramal naquele momento.

O registro da ocorrência foi feito pelo vereador José Costa (PP), que estava realizando visitas no ramal naquele momento.

Um grupo de estudantes do ramal do Pinduca, em Sena Madureira, passou por momentos de apreensão ao encontrar uma onça-pintada no caminho para a escola. O incidente ocorreu enquanto os jovens atravessavam a floresta para chegar à unidade de ensino.

Segundo relatos, o felino não atacou, mas também não cedeu espaço, o que obrigou as estudantes a retornar para suas casas. O registro da ocorrência foi feito pelo vereador José Costa (PP), que estava realizando visitas no ramal naquele momento.

As autoridades locais foram informadas e estão tomando providências para garantir a segurança dos alunos e da comunidade.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Jovem de Tarauacá vai representar o Acre no Miss Brasil Terra 2024

Publicado

em

Miss Brasil Terra 2024 acontecerá ao vivo na Record News no dia 30 de agosto, a partir das 22h30, diretamente do WCT Teatro Sheraton, em São Paulo

Com 1,74m de altura e formação em Gestão Pública, a acreana disse estar feliz em representar o estado na frente das telas de todo o Brasil e destacou como bandeira a conscientização para questão da preservação ambiental.

A tarauacaense Maria Clara Correia, de 19 anos, representará o Acre no Miss Brasil Terra 2024, no dia 30 de agosto, em evento televisionado para todo o país.

Maria Clara foi coroada numa cerimônia ocorrida na noite do dia 11 de julho, no Teatro Municipal José Potyguara, em Tarauacá. Com 1,74m de altura e formação em Gestão Pública, a acreana disse estar feliz em representar o estado na frente das telas de todo o Brasil e destacou como bandeira a conscientização para questão da preservação ambiental.

“Gratidão em representar no Miss Brasil Terra o Estado do Acre onde nasci e permaneço. Sou nativa de Tarauacá, cidade que se destaca em relação aos seus produtos, como o açaí, a farinha de mandioca e o abacaxi. Com meu título, pretendo conscientizar o máximo de pessoas para que busquemos preservar nosso meio ambiente visando melhor qualidade de vida para nossa geração e de futuras”, disse Maria Clara em uma rede social.

A transmissão do Miss Brasil Terra 2024 acontecerá ao vivo na Record News no dia 30 de agosto, a partir das 22h30, diretamente do WCT Teatro Sheraton, em São Paulo. A produção da Miss Terra Acre é feito por Meyre Manaus.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Bolsa Família chega a 132 mil famílias no Acre; valor médio é de R$ 680

Publicado

em

O município de Jordão, com 1,8 mil famílias atendidas pelo Bolsa Família, registra neste mês o maior valor médio pago pelo programa no Acre: R$ 897,38. Na sequência aparecem Santa Rosa do Purus (R$ 887,03), Porto Walter (R$ 830,26), Assis Brasil (R$ 814,34) e Tarauacá (R$ 797,23).

Os pagamentos desses benefícios somam R$ 6,3 milhões.

O cronograma de pagamento do Bolsa Família em julho tem início nesta quinta-feira, 18, em todo o país. Nos 22 municípios do Acre, 132,4 mil famílias serão contempladas a partir de um investimento de R$ 96,3 milhões do programa de transferência de renda do Governo Federal. O valor médio do benefício no estado em julho é de R$ 727,60, o quarto maior do país. Os repasses são escalonados de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários e seguem até o dia 31.

Dentro dos valores adicionais previstos no Bolsa Família, o Acre tem 75 mil crianças de zero a seis anos contempladas com o Benefício Primeira Infância, que representa R$ 150 a mais para cada criança dessa faixa etária presente na composição familiar. O investimento federal é de R$ 10,7 milhões.

Outros benefícios complementares, todos no valor suplementar de R$ 50, chegam a 124 mil crianças e jovens entre sete e 18 anos, além de 9,4 mil gestantes e 3,6 mil mulheres em fase de amamentação no estado. Os pagamentos desses benefícios somam R$ 6,3 milhões.

A capital, Rio Branco, permanece em julho com o maior número de famílias beneficiárias no Acre. São 44,8 mil, a partir de um investimento de R$ 30,5 milhões e valor médio de repasse de R$ 681,36. Na sequência dos cinco municípios mineiros com maior número de contemplados no mês aparecem Cruzeiro do Sul (14,5 mil), Tarauacá (9,3 mil), Sena Madureira (9,2 mil) e Feijó (5,9 mil).

Os pagamentos desses benefícios somam R$ 6,3 milhões.O município de Jordão, com 1,8 mil famílias atendidas pelo Bolsa Família, registra neste mês o maior valor médio pago pelo programa no Acre: R$ 897,38. Na sequência aparecem Santa Rosa do Purus (R$ 887,03), Porto Walter (R$ 830,26), Assis Brasil (R$ 814,34) e Tarauacá (R$ 797,23).

Comentários

Continue lendo