Conecte-se conosco

Acre

Imigrantes haitianos mudam da casa para espaço maior em clube

Publicado

em

Um simples pedaço de papelão pode se transformar em ‘colchão’ até receber documentos

Alexandre Lima

Cerca de 500 imigrantes haitianos que estão na cidade de Brasiléia (Acre), estão sendo alojado em um clube que foi adapatado para recebe-los - Foto: Alexandre Lima

Cerca de 500 imigrantes haitianos que estão na cidade de Brasiléia (Acre), estão sendo alojado em um clube que foi adapatado para recebe-los – Foto: Alexandre Lima

Os cerca de 500 haitianos que viviam praticamente amontoados numa casa que antes funcionava a secretaria de educação do Município, com capacidade para uma família de 6 pessoas e localizada na parte alta da cidade de Brasiléia (Acre), estão de mudança.

A um ano atrás, os imigrantes moravam num hotel que estava desativado no centro até serem ‘expulsos’ pela maior enchente do Rio Acre dos últimos 35 anos. Desde então, a Secretaria dos Direitos Humanos do Estado com o Governo Federal, vem tentando ajudar os que vem chegando regularmente no Brasil, a procura de uma nova vida.

Relembrando a história três anos atrás, o Haiti, país mais pobre de todos os continentes foi praticamente destruído por um terremoto onde deixou mais de 200 mil mortos, isso sem falar de décadas de ‘saques’ de suas riquezas naturais praticadas por ex-ditadores e guerras civis.

Depois de quase um ano ‘morando’ na casa, funcionários dos Direitos Humanos no Acre iniciaram a mudança dos refugiados para uma clube desativado com bastante espaço, onde recebeu algumas adaptações, além de outras que virão no futuro.

Na semana passada, se pôde registrar pequenos problemas gerados por moradores que passaram a ter prejuízos em suas propriedades que fazem vizinhança com a antiga moradia. Segundo Damião, esse problemas serão analisados e tentarão encontrar uma forma de serem resolvidos.

Por enquanto, todos ficarão juntos e misturados até seja feita uma espécie de divisão com lonas onde os homens, mulheres e crianças serão separados e poderão ter um pouco de privacidade, enquanto aguardam a liberação dos documentos provisórios e possam iniciar suas vidas em algum lugar do Brasil.

Como já foi dito antes, a cidade de Brasiléia se tornou uma espécie de ponto de chegada e partida para os imigrantes. Ao chegarem, geralmente em taxis fretados que partem da cidade de Iñapari (Peru), que faz fronteira com a cidade de Assis Brasil (Acre), dão entrada nos cadastro de pessoa física (CPF) e Carteira de Trabalho, documentos provisórios exigidos para poderem circular e trabalhar no Brasil.

 

Comentários

Acre

PM recuperou mais de 570 veículos no Acre em 2022, aponta balanço

Publicado

em

Durante o ano, foram recuperados mais de 570 veículos roubados ou furtados, além de 542 armas de fogo apreendidas e 1.764 apreensões de drogas.

 

Mais de 570 veículos, furtados ou roubados, foram recuperados no Acre em 2022. É o que aponta o balanço operacional divulgado pela Polícia Militar do Acre esta semana.

Ao todo foram 10.560 operações realizadas, mais de 230 mil pessoas abordadas, 542 armas de fogo apreendidas, 1.764 apreensões de drogas e 6.984 pessoas conduzidas à delegacia.

Além dos números relatados, A PM-AC também inciou a operação ‘Sentinela’.

Confira os dados comparativos entre 2021 e 2022

 

  • Mortes violentas no Acre tiveram aumento de 21%
    95 em 2021
    236 em 2022
  • Em Rio Branco houve diminuição de 10%
    107 em 2021
    96 em 2022
  • Roubos diminuíram em Rio Branco 20%
    2.348 em 2021
    1.872 em 2022
  • Roubos diminuíram no Acre 19%
    2.534 em 2021
    2.055 em 2022
  • Furto de veículo subiu em 1%
    247 em 2021
    249 em 2022
  • Roubo de veículos diminuiu em 35%
    728 em 2021
    471 em 2022

 

O comandante geral da PM-AC, coronel Luciano Dias, afirmou que no ano de 2023 o objetivo da corporação é se aproximar cada vez mais da comunidade com programas sociais e operações que visem a proteção da população.

“O policiamento comunitário na proximidade com a comunidade, avançando em postos de policiamento móveis, operações como operação ‘Sentinela, o ‘Vizinhança Solidária’, ‘Maria da Penha’, programas do PROERD, do policiamento escolar. Então é se aproximar cada vez mais da comunidade a fim de aumentar a sensação de segurança e também de poder ampliar a vigilância e atuar fortemente. Esse é o foco prioritário do nosso plano estratégico que envolve todas as unidades da Polícia” explicou.

Operação Sentinela

 

A “Operação Sentinela” foi deflagrada durante a solenidade e está prevista para ocorrer, inicialmente, em toda Rio Branco. A ação policial agregará todas as unidades operacionais de área, especializadas e comunitárias da instituição, tendo como viés uma aproximação maior com a comunidade.

Operação Sentinela foi deflagrada durante a solenidade em que foi divulgado o balanço de 2022  — Foto: Reprodução/Asscom

Operação Sentinela foi deflagrada durante a solenidade em que foi divulgado o balanço de 2022 — Foto: Reprodução/Asscom

*Estagiário sob supervisão da jornalista Tácita Muniz.

Comentários

Continue lendo

Acre

Servente geral é perseguido e baleado dentro de escola no interior do Acre

Publicado

em

Servidor buscou abrigo dentro da Escola Jader Saraiva Machado, em Porto Acre, onde trabalha. Ele levou dois tiros e foi socorrido pelo Samu. Direção do colégio informou que não havia alunos no momento do crime.

Um servente geral terceirizado da Escola Jader Saraiva Machado da cidade de Porto Acre, interior do estado, foi perseguido e baleado duas vezes dentro do colégio na manhã desta quinta-feira (26). O crime ocorreu quando os servidores chegavam para trabalhar.

Não havia alunos da escola no momento do crime.

Segundo a Polícia Militar (PM-AC), testemunhas relataram que os suspeitos aguardavam o servente em frente ao colégio. Ao perceber a presença dos criminosos, o homem teria buscado abrigo dentro da escola, mas foi alcançado e baleado pelo menos duas vezes no tórax.

Colegas de trabalho da vítima acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a PM-AC. Os criminosos fugiram antes da chegada das equipes.

O homem foi levado para o hospital da cidade consciente. A PM-AC informou que o servidor tem passagem pela polícia e já cumpriu pena por furto qualificado.

A direção do colégio informou que a escola está aplicando provas de recuperação para alguns alunos. O último dia de aula seria nesta quinta, mas o encontro foi adiado para segunda-feira (31).

Comentários

Continue lendo

Acre

Promotor discorda de decisão do júri e decide recorrer da absolvição de policial federal

Publicado

em

Por Saimo Martins

Logo após o fim do julgamento na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Rio Branco, na Cidade da Justiça, o promotor de Justiça do Ministério Público, Teotônio Rodrigues Júnior, declarou que já protocolou um recurso para recorrer da decisão do júri que absolveu o Victor Campelo Manoel Fernandes, pela morte do estudante Rafael Chaves Frota, 26 anos, em julho de 2016.

Rodrigues contestou a maioria dos jurados que alegaram que houve legítima defesa nos disparos que vitimou o estudante. “Não é caso de legítima defesa. Entendemos que os tiros em local fechado cheio de pessoas não configuram a defesa”, declarou.

O representante de acusação do Ministério Público, adiantou que o recurso já foi aberto nos termos do artigo 593. A decisão de absolvição ocorreu por 4 votos a 3 e foi lida pelo juiz Alesson Braz.

A acusação foi representada pelo promotor de Justiça Teotônio Rodrigues Júnior. Já a defesa do acusado foi feita pelos advogados Wellington Frank dos Santos e Matheus da Costa Moura.

Comentários

Continue lendo

Em alta