Preocupado com o alto valor da tarifa de energia elétrica cobrada em Cruzeiro do Sul, especialmente aos mais pobres, o prefeito Ilderlei Cordeiro se reuniu nesta terça-feira, 26, com o presidente da Energisa, José Adriano Mendes, em busca de soluções.

“Dialogando a gente encontra soluções. O presidente me assegurou que vai realizar o cadastramento das famílias cruzeirenses que têm direito a consumir uma tarifa diferenciada e mais barata, por terem um menor poder aquisitivo”, salientou o prefeito.

De acordo com o presidente da Energisa, José Adriano, as pessoas cadastradas em programas sociais, que possuem cartão do NIS (Número de Identificação Social) e tenham uma renda per capita de até meio salário mínimo, por membro da família, têm direito a acessar uma bandeira de energia menor.

Ilderlei Cordeiro explica ainda que “existe a previsão de que a tarifa reduza em novembro, para todos os cidadãos, em decorrência do aumento do fornecimento de energia nas hidrelétricas”.

Na próxima semana uma equipe da Energisa  estará em Cruzeiro do Sul para realizar o levantamento das famílias de baixa renda e realizar a mudança de tarifa de suas residências.

Comentários