Júlio Martina dos Santos, de 82 anos, foi assassinado por um parente na tarde desta segunda (16), em Tarauacá.

De acordo com informações da polícia, o ex-genro da vítima, José Mário da Silva Martins, é apontado como o autor do crime. Ele tentou fugir, mas foi preso por policiais militares da cidade.

Júlio Martina dos Santos, 82 anos, morreu ao ter a garganta cortada na tarde desta segunda-feira (16), em Tarauacá, interior do Acre.

Acusado foi preso

A vítima foi morta enquanto dormia em uma rede em casa, no bairro Novo.

O principal suspeito do crime, José Mario da Silva Martins, de 30 anos, foi preso em flagrante e confessou o crime. A motivação para o assassinato não foi revelada pelo suspeito.

Martins foi levado para a delegacia da cidade após a prisão. A Polícia Militar do Acre (PM-AC) encontrou o suspeito próximo da casa.

A PM-AC revelou também que o suspeito morava com o idoso e a esposa dele na casa. Ele seria parente do casal de idosos, mas a equipe não soube informar o grau de parentesco.

A polícia detalhou ainda que o suspeito do crime usa tornozeleira eletrônica.

Comentários