Adolescente de 16 anos foi apreendido suspeito de participação. Homicídio ocorreu na noite dessa terça-feira (28) no bairro Ayrton Senna.

Homem morre a caminho do hospital após levar tiros nas costas em frente de casa em Rio Branco — Foto: Arquivo pessoal
Por Iryá Rodrigues

O jovem Jelson Batista da Silva, de 27 anos, morreu na carroceria do carro do irmão quando era levado para o pronto-socorro de Rio Branco após levar vários tiros nas costas. O crime ocorreu na noite desta terça-feira (28), no bairro Ayrton Senna, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

A Polícia Militar do Acre (PM-AC) informou que a vítima bebia com uma mulher e um adolescente em frente de casa quando em determinado momento houve uma discussão. O menor saiu do local e depois retornou na companhia de um outro homem e foi quando houve os disparos de arma de fogo.

Após ser atingido pelos tiros, Silva foi socorrido por um irmão que mora nas proximidades e levado para o pronto-socorro. Porém, no caminho, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel chegou a ser acionada e encontrou com eles no caminho do hospital, mas apenas pode constatar o óbito.

Testemunhas no local reconheceram os autores e informaram os dados à polícia. Foram feitas buscas pela região e um adolescente de 16 anos foi apreendido suspeito de participação no crime.

Um ex-presidiário de 19 anos, que também teria participado do homicídio, continua foragido. Conforme a polícia, o suspeito tem uma vasta ficha criminal. Ele havia saído do presídio em 1º de abril, onde estava preso por roubo desde fevereiro deste ano, mas já foi preso também por porte ilegal de arma de fogo.

Jelson Batista da Silva, de 27 anos, foi morto a tiros na noite desta terça-feira (28). O crime aconteceu na rua Campo Novo, no bairro Ayrton Senna, na região da Baixada da Sobral.

Comentários