Adolescente levou um tiro no pescoço e outro na mão. Já o pai foi atingido no joelho e o menor levou um tiro de raspão na orelha e na mão direita. Após a ação, os criminosos fugiram.

Pai e filho foram levados ao pronto-socorro de Rio Branco — Foto: Alcinete Gadelha/G1
ITHAMAR SOUZA

O cabeleireiro Raimundo Montaria Silva de Carvalho, 38 anos, e seu filho menor de 16 anos, foram feridos a tiros, na manhã desta quinta-feira (6), enquanto trabalhavam em um salão de beleza no Ramal da Castanheira, na região da Vila Acre, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, dois homens em uma motocicleta chegaram no local, e o garupa, de posse de uma arma de fogo, e começou a efetuar vários disparos.

Raimundo foi atingido no joelho e o menor levou um tiro de raspão na orelha e na mão direita. Após a ação, os criminosos fugiram.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, realizou os primeiros atendimentos e encaminhou as vítimas para o pronto-socorro Rio Branco, em estado de saúde estável, segundo informações do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp).

Policiais militares estiveram no local do ocorrido, colheram informações sobre os criminosos e fizeram buscas na região, mas ninguém foi encontrado até o momento.

A polícia ainda não divulgou a motivação do crime. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Pai e filho foram baleados, o homem de 39 anos cortava o cabelo do filho, de 16, do lado de fora do salão que ele trabalhava.

Comentários