Gildacio Felício foi visto pedindo ajuda quando nadava no Igarapé São Francisco, no bairro Raimundo Melo. Rapaz sumiu de casa na sexta (31), no bairro Conquista.

Família procura por Gildacio de Lima Felício, que sumiu na sexta-feira (31) — Foto: Arquivo pessoal
Por Aline Nascimento, G1 AC

A família de Gildacio de Lima Felício, de 22 anos, busca notícias sobre o paradeiro dele há dois dias. O rapaz sumiu na sexta-feira (31), do bairro Conquista, em Rio Branco.

A mãe de Felício, Ana Alice, disse que registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Flagrantes (Defla), da capital acreana.

Desesperados, familiares espalharam fotos de Felício nas redes sociais. Nesta segunda-feira (3), a família foi informada que o rapaz foi visto nadando no Igarapé São Francisco no bairro Raimundo Melo.

“Do lugar que ele pulou no igarapé para o lugar onde foi visto tem bastante metros. As pessoas, que moram no bairro Raimundo Melo, disseram que ele estava nadando, estava com a cabeça fora da água e gritava por ajuda. Quando alguém tentava ajudar ele recusava”, complementou Ana Alice.

A família acionou uma equipe do Corpo de Bombeiros do Acre para procurar pelo jovem. A mãe falou que as buscas devem começar nesta terça (4)

“Estava bastante cansado, mas não queria ser ajudado, deixou a água levar ele. Os bombeiros falaram que não tinham como descer o barco no igarapé, que tem que ir pelo Rio Acre e subir no igarapé até o ponto onde foi visto pela última vez”, detalhou.

A mãe relatou também que a informação repassada para a família foi que Felício saiu em direção ao igarapé após visitar o filho na casa da ex-mulher.

“Tentou conversar, mas acabaram discutido, falou que nunca mais ela iria ver ele. Foram as últimas palavras dele. Beijou o filho na testa e saiu para o igarapé. Foi a última notícia que tivemos dele na sexta”, lamentou.

Comentários