Conecte-se conosco





Cotidiano

Homem de 54 anos morre em hospital após ser esfaqueado por causa de dívida de R$ 20 em Rio Branco

Publicado

em

Euzir Afonso Dossimo, de 54 anos, morreu na manhã desse domingo (14), no Pronto Socorro — Foto: Arquivo pessoal

Por Alcinete Gadelha

Euzir Afonso Dossimo, de 54 anos, morreu na manhã de domingo (14), no Pronto Socorro de Rio Branco, após ser esfaqueado e passar por uma cirurgia.

Dossimo teria levado pelo menos duas facadas, uma no braço e outra no tórax, segundo informou a irmã dele, Gleiciane Afonso.

O crime ocorreu no ramal pantanal, no Polo Benfica, entre a noite de sexta-feira (12) para o sábado (13). A vítima estava na casa de um amigo, onde as pessoas participavam de uma bebedeira, mas, segundo a irmã, ele não estava bêbado e teria feito uma brincadeira com o suspeito.

“Ele estava na casa de um amigo, só que ele não estava bebendo. Tudo começou por causa de uma dívida de R$ 20. O rapaz que matou ele devia R$ 20. Meu irmão sempre gostava de brincar e disse que ele só ia pagar quando ganhasse na mega-sena. O suspeito foi na casa dele e pegou uma faca e desferiu. Meu irmão não tinha como se defender”, contou.

Muito abalada pela perda do irmão, Gleiciane pede justiça e apela para que a família do homem envolvido na morte de Dossimo o entregue para a polícia.

“Tirou a companhia da minha mãe, que tem 81 anos. Quero pedir que a família entregue ele, que tirou a vida do meu irmão, minha mãe está sofrendo. Por causa de R$ 20 ele tirou a vida do meu irmão, quero justiça, peço às autoridades que façam justiça em nome da minha família, meu irmão não tinha defesa de nada. O meu pedido é também para que ele não faça com outra família o que fez com a minha. Ele levou um pedaço de cada um de nós”, chorou.

Comentários

Em alta