Atualmente o aniversário de fundação de Rio Branco é comemorado no dia 28 de dezembro, mas a capital do Acre foi fundada no dia 13 de junho de 1909.
Quem garante é o historiador José Wilson Aguiar, que vai propor na Câmara Municipal, a alteração da data fictícia para a original.
Aguiar já iniciou o processo para provar documentalmente o que afirma e até foi recebido em conversa pré liminar com a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri.
Até 2004, o aniversário da capital do Acre era comemorado na data defendida por José Wilson. Quando o petista Raimundo Angelim assumiu o executivo municipal, alterou a data com base em um relatório sem referências históricas nem embasamento documental, produzido pelo historiador Marcus Vinicius Neves, que sequer conhecia a história do Acre e sua gente.
No dia 5 de dezembro de 2005, Angelim sancionou a Lei n° 1557, que estabeleceu o dia 28/12/1882 como a data de fundação da cidade de Rio Branco.
” Quem criou essa data foi o senhor Mustafá Ribeiro, a pedido do então governador Jorge Kaline. Uma data fictícia. Eu tenho documentos que comprovam o que venho afirmando há anos. Isso aqui não é brincadeira. A gente que  é historiador não pode brincar com isso. Mudaram a Bel prazer sem discursao com a sociedade.  Essa data está sob judice histórico. Todos os prefeitos anteriores comemoravam dia 13 de junho. Então todos estão errados? Então eu estou nessa batalha e acredito que vamos reverter esse erro”, afirmou.
Segundo Aguiar, após o carnaval deve acontecer uma audiência pública na Câmara Municipal para debater o assunto.

Comentários