Conecte-se conosco

Geral

Há 51 anos, Acre vivenciava o pior acidente aéreo da sua história; veja fotos

Publicado

em

O dia 28 de setembro de 1971 entrou para sempre na história de Sena Madureira de maneira fatídica. Foi nesta data que o município registrou o maior acidente aéreo de todos os tempos no Estado.

Bispo Dom Giocondo estava entre as vítimas da tragédia/Foto: Internet

Poucos minutos após a decolagem, o avião DC3, da empresa Cruzeiro do Sul, apresentou problemas no motor, bateu em uma árvore e caiu na região da comunidade Boca do Caeté, que fica a poucos minutos do centro de Sena Madureira. Com a queda, o avião explodiu e todos os seus ocupantes morreram carbonizados.

No avião, estavam 33 pessoas/Foto: Reprodução

Dentre as vítimas estava o Bispo Dom Giocundo Maria Grotti, que chefiava a Diocese de Rio Branco. Italiano de origem, ele se encontrava no Acre em substituição a Fontenele de Castro.

Ao todo, segundo conta a história, foram 33 mortos, entre passageiros e tripulantes.

O ex-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindissem), Antônio Furtado Davila, tinha 17 anos à época dos fatos.

“Me lembro bem que ao chegarmos lá não deu pra se aproximar porque o fogo estava com quase 2 metros de altura. Os corpos foram resgatados em caixas de madeira. Um dia antes da tragédia, o Bispo Dom Giocundo tinha ministrado aula para a nossa turma”, relembrou.

No local da queda, ainda existem artefatos do avião mesmo após mais de meio século do ocorrido.

No local, algumas partes do avião ainda estão presentes/Foto: Reprodução

Habitualmente, todos os anos a Igreja católica de Sena Madureira realiza uma Missa no local em homenagem às vítimas.

Naquela época, as viagens feitas para Rio Branco ocorriam comumente de avião já que a BR-364 não oferecia condições de trafegabilidade.

No acidente, morreram as seguintes pessoas, incluindo a tripulação:

Francisco Pedroso da Silva;
Orlando Vieira da Mota;
Valeria Maria de Oliveira;
Bárbara Heliodora de Lima Bezerra;
Jecineide Braña;
Bispo Dom Giocondo Maria Grott;
Miguel Silva;
Pedro Vitor Feitosa;
Arquimedes Rodrigues da Conceição;
Raimundo Vieira da Costa;
Milton Quadreni;
Jair Martins Marque;
Aymar Pallera de Albuquerque;
Luiz Carlos Ramos;
Lidia Duarte Magalhães;
Silverio Nazaré;
Maria Ermengada Dias;
José Luiz Farias dos Santos;
Osvaldo Dilson Magalhães;
José das Chagas Pereira;
Pantaleão Nicácio da Silva.

Comentários

Geral

PF realiza fiscalização nacional para combater empresas clandestinas de Segurança Privada

Publicado

em

Mais de 400 estabelecimentos estão sendo fiscalizados em todo o país

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagra, nesta quinta-feira (1/12), em todo o país, a Operação Segurança Legal VI, com o objetivo de realizar o combate a empresas clandestinas de segurança privada.

Cerca de 460 policiais federais fiscalizarão, nesta data, mais de 400 estabelecimentos, entre casas noturnas, comércios, condomínios e outros, para encerrar a atividade de empresas que executam segurança privada sem autorização da Polícia Federal.



A Operação Segurança Legal ocorre desde 2017, em âmbito nacional. Nas ações anteriores, foram fiscalizadas 1.956 empresas e 663 empresas clandestinas tiveram suas atividades encerradas pela Polícia Federal.

A contratação de serviços clandestinos de segurança privada coloca em risco a integridade física de pessoas e o patrimônio dos contratantes, já que os “seguranças” clandestinos não se submetem ao controle da Polícia Federal quanto aos seus antecedentes criminais, formação, aptidão física e psicológica.

Além disso, as empresas clandestinas não observam os requisitos mínimos de funcionamento previstos na legislação. No Brasil, somente empresas de segurança privada autorizadas pela Polícia Federal podem prestar serviços e contratar vigilantes.

Comentários

Continue lendo

Geral

Ribamar Trindade é aclamado presidente do Tribunal de Contas do Estado: Valmir Ribeiro é vice

Publicado

em

José Ribamar Oliveira foi escolhido como novo Presidente do Tribunal de Contas do Acre no Biênio 2023/2024— Foto/Arquivo

O Tribunal de Contas do Estado do Acre em Sessão Especial realizada na manhã desta quinta-feira, 01, com a participação de todos os Conselheiros titulares e a Procuradora-Chefe do Ministério Público de Contas, Anna Helena de Azevedo Lima Simão, elegeu e nomeou por aclamação a próxima equipe de gestão para o Biênio 2023/2024. A Sessão Especial foi realizada de forma virtual com votação aberta e declarada e foi transmitida pela Rádio Web do TCE/AC.

Foi eleito como Presidente da Corte para o próximo biênio, o Conselheiro José Ribamar Trindade de Oliveira, como Vice-Presidente, o Conselheiro Valmir Gomes Ribeiro e como Corregedora, a Conselheira Dulcinéa Benício de Araújo.

Logo após a votação por aclamação, o Presidente do TCE/AC, Conselheiro Ronald Polanco declarou os eleitos e deu posse aos mesmos. A Secretária das Sessões, Erika Abud, fez a leitura dos termos de posse e em seguida o

Conselheiro Polanco declarou os indicados para os demais cargos com seguinte composição:

OUVIDORIA: Conselheiro Antônio Cristovão Correia de Messias

ESCOLA DE CONTAS: Conselheira Naluh Maria Lima Gouveia

PRESIDENTE PRIMEIRA CÂMARA: Conselheiro Antônio Fernando Jorge Ribeiro de Carvalho Malheiro

PRESIDENTE SEGUNDA CÂMARA: Conselheiro Ronald Polanco Ribeiro

Em seu discurso, o Presidente Eleito, Conselheiro José Ribamar destacou gratidão, responsabilidade, compromisso fiscal e social. Ribamar Trindade citou o orador Romano Cícero ao afirmar que “nenhum dever é mais importante do que a gratidão. Em seguida, destacou as palavras de Rui Barbosa, “de que “não há justiça sem Deus”.

“Por isso, agradeço a Deus, à minha família, ao governador do estado, Gladson Cameli, que depositou em mim confiança e reconhecimento para atuar na distinta missão de integrar esta Corte de Contas”, disse ele.

Trindade escolheu o conselheiro Valmir Ribeiro para agradecer a todos os servidores do TCE, ressaltando a renomada atuação do decano, seu conhecimento, humildade e generosidade. “Suas atitudes revelam o homem humilde e honrando que é. Suas palavras fraternas estão indelevelmente gravadas em minha memória e me inspiram”, afirmou.

Ele fez, ainda, um retrospecto e parabenizou o conselheiro Ronald Polanco pelas ações realizadas como presidente da Corte estabelecendo bases para investimentos estruturantes na área de tecnologia da informação, realizando capacitações para qualificação do corpo técnico, valorização dos servidores e adequações organizacionais.

Para 2023, o Conselheiro Ribamar Trindade disse que pretende dar continuidade ao processo de aprimoramento institucional de valorização dos servidores, organização de fluxos e estruturas de trabalho, com uma gestão baseada no desempenho e voltada para resultados.

A ideia é atuar na sistematização e simplificação das rotinas, com eliminação de tarefas manuais e repetitivas, a racionalização criteriosa da autuação processual e a definição de estratégias ágeis para gerar ganho de eficiência e fortalecer a segurança jurídica.

No tocante a análise das contas, pretende-se estabelecer interações estratégicas com os gestores por meio de auditorias assertivas e compartilhamento de conhecimento, contribuindo para aprimoramento da governança pública e mitigação de danos provocados à sociedade.

”Todos nós queremos um tribunal cada vez mais forte, justo e transparente, que tem credibilidade e estimula o engajamento social, como obra da inteligência humana, pois só assim teremos uma sociedade livre, justa e solidária, como preceitua o mandamento maior da constituição da república. Sejamos agentes da transformação, e que, juntos, possamos dar mais um passo para o tribunal do futuro. Responsabilidade fiscal é compromisso social”, concluiu.

Por fim, o Conselheiro-Presidente, Ronald Polanco, encerrou a sessão, desejando sucesso para a nova gestão. Ressaltou a importância de contribuir com o estado e com os seguimentos que estão tradicionalmente às margens do crescimento econômico. Nesse sentido atuou para promover a democratização do conhecimento, especialmente a respeito da posição estratégica do meio ambiente e dos serviços ecossistêmicos. Essa é uma contribuição que deixa para a próxima gestão.

[Assessoria TCE-AC]

Comentários

Continue lendo

Geral

Prefeitura de Rio Branco realiza campanha pelo Dia Mundial de Combate à AIDS

Publicado

em

Objetivo da campanha é conscientizar a população para prevenção (Foto: Val Fernandes/Assecom)

Todos os meses durante o ano a Prefeitura de Rio Branco por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), proporciona ações voltadas ao bem-estar da população rio-branquense. A partir deste 1° de dezembro, iniciou a campanha do Dia Mundial de Combate à AIDS, realizada durante todo este mês.

Por isso, uma equipe da Semsa esteve, na manhã desta quinta-feira (1º), no calçadão próximo ao Terminal Urbano da capital, fazendo orientações, realizando o teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites e a entrega de preservativos. O objetivo da campanha é conscientizar a população para a prevenção.

O HIV é o causador da síndrome da imunodeficiência humana (Aids), que tem como característica o enfraquecimento do sistema imunológico e o desenvolvimento de doenças oportunistas especialmente nos pulmões, no trato intestinal, no cérebro e nos olhos.

Além de teste rápido, também foi disponibilizado o kit Autoteste HIV (Foto: Val Fernandes/Assecom)

Segundo a coordenadora do Índice de Doenças Transmissíveis (IST), Francisca Ribeiro, mesmo com uma leve diminuição de casos, a prefeitura segue empenhada em conscientizar a maior quantidade de pessoas.

“Esse ano houve uma diminuição, mas não cessamos, vamos nas unidades orientar os profissionais de saúde para que busquem essas pessoas para fazerem a realização dos testes. Principalmente as mães, para que façam o teste rápido e tenham uma prevenção para o seu bebê”, disse.

Ainda de acordo com a coordenadora, o número de pessoas que começam o tratamento e param é elevado, por isso, a importância dos apoiadores da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), que realizam a busca ativa dos que abandonaram o tratamento ou que estão em situação de vulnerabilidade social.

Anágila: “Nosso trabalho é resgatar quem abandona o tratamento” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

“O nosso trabalho é resgatar essas que abandonam o tratamento e redirecionar para recomeçar o tratamento, temos todo o parâmetro da busca ativa, corpo a corpo, conquistar para que volte ao tratamento e continue com uma vida saudável”, explicou a apoiadora da OPAS, Anágila Bomfim.

A professora Rosa Maria da Conceição, disse que estava resolvendo alguns assuntos no centro e quando viu a tenda da Semsa foi se informar sobre a campanha.

“Parei para perguntar, me explicaram e resolvi fazer o teste porque é muito importante, porque nunca sabemos, vai que dá alguma coisa, já tratamos logo. Então, eu acho essas campanhas muito importantes para a população”.

Além da realização do teste rápido, a Prefeitura de Rio Branco também disponibilizou uma novidade para a população: o Autoteste HIV. Um kit para realizar o teste em casa. Segundo a equipe da secretaria, esse é mais um meio de encorajar pessoas que têm algum tipo de preconceito ou receio em realizar o teste em postos de saúde.

O aposentado Valdemir Silva de Morais, aproveitou a ação para realizar o seu teste rápido e para levar dois Autotestes HIV para casa.

“Vou levar um teste pra minha filha e outro para a minha mulher, para elas fazerem em casa. A moça já me explicou o procedimento e vou olhar o manual”, explicou.

Maria Mota: “É a segunda vez este que realizo o teste rápido” (Foto: Val Fernandes/Assecom)

Maria Mota da Silva falou sobre a importância do cuidado à saúde, por isso, essa é a segunda vez no ano que realiza o teste rápido. E aproveitou para deixar um recado.

“Eu quero convidar todas as pessoas a fazer o teste, se estiver aqui por perto, venha fazer. Se não, procure um posto de saúde que faça seu teste, pelo menos uma ou duas vezes por ano, pois é muito importante”, disse.

Comentários

Continue lendo

Em alta