Conecte-se conosco





Flash

Governo repassa R$ 2,4 milhões para alavancar produção de cooperativas e associações rurais

Publicado

em

As cooperativas e associações terão condições de modernizar sua forma de produção, além de investir na aquisição de materiais e máquinas agrícolas e implantação de agroindústrias

Por Lucas Vitor

O governador Gladson Cameli (Progressistas) assinou na manhã desta segunda-feira, 03, um convênio que repassa R$ 2,4 milhões para cinco cooperativas e associações rurais.

O convênio tem o intuito de beneficiar cerca de 500 famílias dos municípios de Cruzeiro do Sul, Brasileia, Bujari e Senador Guiomard, que trabalham nas cadeias produtivas da fruticultura, mandiocultura, horticultura e avicultura.

Com estes recursos, as cooperativas e associações terão condições de modernizar sua forma de produção, além de investir na aquisição de materiais e máquinas agrícolas e implantação de agroindústrias.

O governador Gladson Cameli lembrou que o apoio incondicional à população do campo é uma das prioridades de sua administração. “O agronegócio é uma das bandeiras do nosso governo e temos feito tudo que é possível para ajudarmos desde o pequeno ao grande produtor. Temos tratado todos com igualdade e, sobretudo, respeitando cada trabalhador. Temos terras boas e um clima excelente para vários tipos de cultura. A nossa parte, estamos fazendo, que é apoiar e não perseguir quem queira trabalhar”, frisou.

Para o presidente da Associação dos Produtores Rurais Três Fronteiras, Francisco Oliveira, a chegada do recurso será fundamental para alavancar a produção e melhorar a renda familiar dos associados. Fundada há cinco anos, esta é a primeira vez que a entidade localizada no Projeto de Assentamento Walter Acer, no Bujari, recebe ajuda financeira estatal com o objetivo de estimular o aumento da produtividade.

“Com esse apoio do governo, o desenvolvimento vai chegar em nossa comunidade e as famílias terão melhoria na qualidade de vida. Esse dinheiro será muito importante para fazermos a aquisição de máquinas, trator agrícola, um caminhão, e construção de um galpão para fazermos o manuseio dos nossos produtos e dar as condições para receber os nossos clientes”, afirmou.

Comentários

Em alta