O Governo do Estado, por meio do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (Idaf), dá início nesta sexta-feira, 1º de novembro, a 42ª campanha de vacinação contra a febre aftosa.

O lançamento será marcado por um evento especial, com a presença do governador Gladson Cameli e diversas autoridades, realizado na propriedade do produtor rural Valdomiro Bento, em Senador Guiomard, localizada na rodovia AC-40, km 9, no Ramal Castanheira, a partir das 8 horas.

Campanha de novembro exige que todas as cabeças de gado do estado sejam vacinadas, de mamando a caducando Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Este ano vamos fazer o lançamento da campanha em uma pequena propriedade para ressaltar a importância de que todos os pecuaristas, do grande ao pequeno, façam sua parte. Tivemos um grande sucesso na campanha de maio, com 98% do rebanho até 24 meses vacinado e queremos repetir em novembro”, conta Rogério Melo, presidente do Idaf.

A campanha será realizada durante todo o mês de novembro e deverá ser aplicada em todo o rebanho bovino do estado, de mamando a caducando. O Acre possui cerca de 3,3 milhões de cabeças de gado, com um patrimônio pecuário avaliado em R$ 4 bilhões. O setor é o terceiro que mais movimenta economicamente o PIB do estado, com cerca de R$ 1 bilhão anualmente. E segundo o levantamento do Idaf, mais de 2 milhões de vacinas já foram adquiridas para serem comercializadas no mercado local.

A expectativa do governo é que essa se consolide como a última grande etapa de vacinação da aftosa para que, a partir de 2020, o Acre possa ser considerado zona livre de febre aftosa sem vacinação.

A campanha de vacinação ainda conta com inúmeros parceiros, como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Fundo de Desenvolvimento da Pecuária do Acre (Fundepec), a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (Faeac), a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Acre (Fetacre) e muitos outros.

Comentários