fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Governo do Acre contrata operação de crédito para programa de infraestrutura urbana de Rio Branco

Publicado

em

O governador Gladson Cameli assinou nesta terça-feira, 14, uma operação de crédito externo entre o Estado do Acre e o Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata) destinado à execução do Programa de Infraestrutura e Saneamento do Estado do Acre (Proisa), com obras em Rio Branco.

A operação totaliza o valor de US$ 48,75 milhões, sendo US$ 39 milhões provenientes do Fonplata (80%) e US$ 9,75mihões de contrapartida do Estado (20%).

O Fonplata é um banco de desenvolvimento formado pela Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai, cuja principal missão é apoiar a integração dos países-membros para consolidar um desenvolvimento harmônico e inclusivo, mediante operações de crédito e recursos não reembolsáveis do setor público.

Segundo a secretária adjunta de Planejamento, Kelly Lacerda, “o financiamento do Fonplata é imprescindível para a execução de obras estruturantes do Acre, proporcionando os recursos necessários para estimular o desenvolvimento regional. Ao financiar infraestruturas essenciais da capital como a Ponte do Quinze, o Arco Metropolitano e o Calçadão da Raimundo Escócio, o governo do Estado contribui consideravelmente para a melhoria da mobilidade urbana e qualidade de vida da população, criando também oportunidades econômicas, ao gerar emprego e renda e fomentar o comércio local”.

O Proisa tem como objetivos reduzir o tempo de deslocamento de pessoas e cargas entre o bairro Quinze e a região da Baixada, melhorar a mobilidade urbana, reduzir os riscos de desabamento das edificações nas margens do Rio Acre e promover o desenvolvimento integrado da região sob intervenção.

O programa tem previsão de cinco anos de execução (2024 a 2028) e englobará três grandes obras.

Construção da ponte entre o bairro Quinze e a região da Baixada

A construção da nova ponte sobre o Rio Acre tem como objetivo aliviar o trânsito de veículos e pedestres entre os dois distritos da capital, bem como aprimorar a mobilidade urbana, aumentar a segurança pública, otimizar o atendimento de ocorrências policiais e de saúde e viabilizar o transporte eficiente de passageiros e cargas. Essa iniciativa também visa reduzir o tempo de deslocamento dos cidadãos rio-branquenses, assegurando uma notável melhoria na qualidade de vida de toda a comunidade.

Governo assinou a maior operação de crédito relacionada à infraestrutura da atual gestão, visando melhorar a mobilidade urbana da capital acreana. Foto: Odair Leal/Secom

Urbanização com contenção das margens do Rio Acre: Orla de Rio Branco

A intervenção, por meio de um projeto de urbanização e contenção da encosta do Rio Acre, na área popularmente conhecida como Calçadão da Rua Epaminondas Jácome, surge como solução para a problemática que afeta negativamente a atividade comercial de uma região central importante da capital, ao mesmo tempo em que fragiliza a segurança das pessoas.

A obra será no trecho compreendido entre a Rua Marechal Deodoro e a Rua Sergipe, no centro da cidade, na região adjacente ao Mercado Municipal Elias Mansour, com total aproximado de 25.000 m² de área construída, restaurada ou revitalizada.

Projeção gráfica da futura Orla do Quinze. Ilustração: Marcos Haluen/Seop

Implantação do Arco Metropolitano de Rio Branco

A primeira etapa da obra do Arco Metropolitano de Rio Branco busca aliviar o intenso tráfego da capital e envolve a construção de uma ponte sobre o Rio Acre e a execução de serviços de pavimentação, com terraplanagem, drenagem, passeio público, sinalização viária e iluminação. Essa primeira etapa prevê uma obra com extensão total de 21,3 km, com 12,3 km no trecho da estrada do Quixadá e 9 km na estrada AC-40, incluindo uma ponte de 250m de extensão e 15,60m de largura, como está descrito no mapa.

Arco Metropolitano vai melhorar a mobilidade urbana da capital acreana. Imagem: divulgação

As intervenções serão executadas pelas Secretarias de Estado de Habitação e Urbanismo (Sehurb), Obras Públicas (Seop) e pelo Departamento de Estradas de Rodagem (Deracre), sob a coordenação da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), com o apoio de uma unidade de gerenciamento do programa (UGP), que executará também o monitoramento e avaliação do programa.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Brasiléia expande cobertura de saúde com ações itinerantes para moradores do Km 75

Publicado

em

Neste sábado, 25, o programa Mais Saúde em Ação, uma iniciativa da Prefeitura de Brasiléia por meio da Secretaria Municipal de Saúde, levou uma série de atendimentos médicos, vacinas e exames aos moradores da comunidade do quilômetro 75. O programa tem como objetivo principal aproximar os serviços de saúde da população, especialmente nas comunidades mais afastadas do centro urbano.

Os moradores tiveram acesso a uma ampla gama de serviços, incluindo consultas médicas e odontológicas, testes rápidos para HIV, sífilis, hepatite B e C, além de testes para Covid-19. Foram administradas vacinas de rotina, como as contra influenza e Covid-19, e houve também a dispensação de medicamentos. As mulheres da comunidade puderam realizar o exame de prevenção do câncer no colo do útero (PCCU).

Além dos serviços de saúde, a comunidade do Km 75 contou com o atendimento do programa Bolsa Família e o programa Criança Feliz, que também prestaram assistência aos moradores. A ação contou com a presença do secretário adjunto de Saúde, Claudemir Batista, da secretária de Assistência Social, Arlete Amaral, e das equipes dos programas Criança Feliz, Bolsa Família, Assistência Social e Saúde, que ofereceram todo o suporte necessário.

Essa iniciativa reforça o compromisso da Prefeitura de Brasiléia com a promoção da saúde e bem-estar das comunidades mais distantes, garantindo que todos tenham acesso aos cuidados essenciais e à assistência social de qualidade.

Comentários

Continue lendo

Acre

Epitaciolândia inaugura escola Escola Pequeno Príncipe modernizada com melhorias para alunos e professores

Publicado

em

Como parte das comemorações dos 32 anos de emancipação político-administrativa de Epitaciolândia, o prefeito Sérgio Lopes, junto ao secretário de Educação Raimundo Nonato Gondim, inaugurou na manhã desta sexta-feira, 24, a reforma, ampliação e readequação da escola infantil Pequeno Príncipe. A instituição passou por uma profunda mudança, alinhando-se aos parâmetros modernos de conforto e funcionalidade para alunos, professores e servidores.

Com um investimento de aproximadamente R$ 300 mil, provenientes de recursos próprios, a escola foi completamente reformada para melhorar as condições de aprendizado. Entre as melhorias, destaca-se a instalação de uma cobertura metálica na parte frontal do prédio, protegendo os alunos do sol e da chuva. Uma nova calçada foi construída para garantir maior segurança no acesso à escola, e foram instaladas portas de vidro e grades, além da troca de toda a iluminação.

A escola também foi totalmente climatizada, com ar-condicionado nas salas de aula, refeitório e cozinha. Para completar, um novo parquinho foi instalado, proporcionando um espaço de lazer para os alunos durante o recreio. As reformas visam oferecer um ambiente mais adequado e seguro para a comunidade escolar, refletindo o compromisso da gestão municipal com a educação de qualidade.

Comentários

Continue lendo

Acre

Rueda participou de evento Bocalom/Alysson e celebra contribuição do União Brasil: “Estamos oferecendo o melhor”

Publicado

em

O presidente da executiva municipal do União Brasil e secretário de Estado Fábio Rueda marcou presença no evento do Progressistas que deu mais um passo à concretização da aliança que apresenta como pré-candidatos o prefeito Tião Bocalom — postulante à reeleição — o secretário de Governo Alysson Bestene como pré-candidato a vice-prefeito de Rio Branco.

O União Brasil, sob a presidência de Rueda na executiva municipal, foi um dos atores responsáveis pela construção dessa aliança, com a indicação de Alysson como pré-candidato à vice-prefeitura. Para Fábio, essa é a melhor construção apresentada à população da capital nestas eleições.

“Estou muito feliz por entregarmos o que há de melhor para a população da nossa capital. Cheguei ao nosso estado no final de 2010, para suprir uma carência desse estado, as cirurgias cardíacas. Era apenas um jovem médico, com sonhos. Nesse tempo, nunca me interessei de fato pela política. Só nos últimos dois anos que me propus a ingressar nessa área para ajudar ainda mais as pessoas, e é com muita alegria que estou aqui”.

Sob aplausos da militância, Fábio lembrou que temas como meio ambiente não são pauta de esquerda, e que “nós precisamos defender o meio ambiente sem atingir quem está numa condição de miserabilidade”. E completa: “Essa não é somente uma oportunidade, é uma obrigação: entregar o que há de melhor à nossa população. Defendendo nossas pessoas, nossos valores e melhorando cada vez mais”.

Comentários

Continue lendo