Visando o período de férias coletivas das indústrias farmacêuticas, o governo do Estado realizou uma grande compra de medicamentos no valor de R$ 15 milhões para abastecer a rede hospitalar nos 22 municípios acreanos. Ao todo, foram adquiridos 141 tipos de medicamentos que atenderão a atual demanda até meados de março do próximo ano.

Preocupado em assegurar materiais hospitalares e medicamentos na rede pública estadual para atender a população, o governador Gladson Cameli fez uma visita neste domingo, 22, a divisão de Material Médico Hospitalar (MMH) e ao departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégico (DAFI), onde inspecionou o atual estoque das duas unidades.

Governador Gladson Cameli durante inspeção dos estoques de medicamentos e materiais hospitalares neste domingo, 22 Foto: Diego Gurgel/Secom

Esta não é a primeira vez que faço visitas nestes lugares e o que quero dizer com isso é que a Saúde é a prioridade do meu governo. Eu não posso aceitar a falta de medicamentos e de materiais hospitalares sabendo que o Estado tem recursos para comprar. Tenho acompanhado a situação da Saúde de perto e estou disposto a fazer de tudo para que a nossa rede hospitalar funcione do jeito que que a nossa população merece”, afirmou o governador Cameli.

Juntos, o MMH e DAFI atendem as Unidades de Pronto Atendimento (Upa) do Segundo Distrito, Sobral e Cidade do Povo; Pronto-Socorro; policlínica do Tucumã; Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac) e Centro de Apoio Psicossocial (Caps), em Rio Branco, e todas as unidades hospitalares gerenciadas pela Sesacre em 20 cidades do interior.

Recentemente, o Estado adquiriu R$ 15 milhões em medicamentos para atender toda a rede hospitalar Foto: Diego Gurgel/Secom

O atual estoque não lembra em nada quando se comparado ao de janeiro deste ano. Por ingerência da antiga gestão, dos 320 tipos de medicamentos utilizados na rede hospitalar, apenas cerca de 10% deste montante foram deixados para o atual governo. Graças ao esforço e dedicação, o volume foi recuperado e o Acre fez recentemente um empréstimo de insumos para a secretaria de Saúde de Rondônia.

“A manutenção de materiais e medicamentos para atender bem e com qualidade a população é uma determinação do governador Gladson Cameli e temos feito isso com responsabilidade, planejamento e aplicando bem o recurso público com total transparência”, explicou o secretário Alysson Bestene.

A Saúde avança no governo Gladson Cameli

O governador Cameli não tem medido esforços para mudar a realidade da Saúde Pública. Somente este ano, grandes avanços foram alcançados. Além da compra regular de materiais hospitalares e medicamentos, o governo fez a entrega da verticalização do Pronto-Socorro da capital, inaugurou a Upa de Cruzeiro do Sul, fez a contratação de novos servidores e iniciou uma série de reformas e ampliações nos hospitais do interior.

Governador Gladson Cameli não tem medido esforços para melhorar a Saúde pública acreana Foto: Diego Gurgel/Secom

“Com saúde não se brinca e esse tem sido o meu principal desafio como governador. Já fizemos a entrega de importantes obras que estavam paradas há muitos anos e que fique bem claro que inauguramos funcionando para a população, não como era feito no passado que uma obra era inaugurada somente o prédio. Em breve, vamos concluir o Into [Instituto de Traumatologia e Ortopedia], já iniciamos a reconstrução do hospital de Sena Madureira, demos a ordem de serviço para a reforma do hospital de Feijó e é assim que vamos trabalhar daqui para frente”, pontuou.

O governo se prepara ainda para inaugurar 100% do Hospital Regional do Alto Acre e nesta segunda, 23, será dada a ordem de serviço para a reforma e ampliação do hospital do Jordão, um dos municípios mais isolados do estado.

 

Comentários