Governador Gladson Cameli demonstrou insatisfação dentro do PP – Foto: Alexandre Lima/Arquivo

A presidente do Partido Progressista no Acre, a senadora Mailza Gomes, recebeu nesta quarta-feira, dia 5, por volta das 18 horas, a carta que muitos não haveria que acontecer, o pedido de desfiliação de governador Gladson Cameli.

A redação do jornal oaltoacre recebeu de sua assessoria, uma cópia do pedido assinado por Gladson Cameli por tempo indeterminado, onde expressa seu desejo de afastamento da legenda, como o distanciamento das decisões tomadas pelo atual quadro e pela não discordância com os rumos tomados do PP.

Depois de 15 anos, Gladson não mais escondia sua insatisfação dentro do PP. Várias especulações sobre sua saída deixaram muitos a espera desse momento. Não foi comentado para qual partido o governador possa ir.

Os mais cotados por enquanto, seria o PSL ou PSDB, mas pode ser que fique sem partido até o final das eleições desde ano. O apoio à candidatura da atual prefeita da Capital, Socorro Neri, pode ter sido um dos motivos das discordâncias no partido que resultou na sua saída.

Momento em que o PP recebe a carta de pedido de desfiliação de Gladson.

Comentários