Conecte-se conosco





Extra

Gladson Cameli anuncia R$ 21 milhões em recuperação de ramais para Brasileia e Epitaciolândia

Publicado

em

Com agência Acre/videos de oaltoacre.com

Em agenda pelo Alto Acre na tarde desta quarta-feira, 9, já antecedendo a assinatura da ordem de serviço do Anel Viário de Brasileia e Epitaciolândia, o governador Gladson Cameli anunciou R$ 21 milhões do Programa de Recuperação de Ramais dos dois municípios, além outras novidades para o benefício da população.

Gladson Cameli anunciou R$ 21 milhões do Programa de Recuperação de Ramais dos dois municípios, além outras novidades para o benefício da população Foto: Diego Gurgel/Secom.

Em Epitaciolândia serão 75 quilômetros de ramais recuperados num investimento de mais de R$ 18 milhões, enquanto em Brasileia a recuperação chegará a 11 quilômetros de ramais, com R$ 3 milhões em investimentos. A expectativa é que mais de 45 mil pessoas, direta e indiretamente, sejam beneficiadas nos dois municípios.

Além disso, o governo, por meio do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e o Complexo Industrial Florestal Xapuri, doou 25 metros cúbicos de madeira para a recuperação do piso de uma escola rural da região e reforma de 15 casas de famílias carentes pelo serviço de assistência social de Epitaciolândia.

A expectativa é que mais de 45 mil pessoas, direta e indiretamente, sejam beneficiadas nos dois municípios, segundo Cameli Foto: Diego Gurgel/Secom.


Com a certeza de um novo tempo chegando para Brasileia e Epitaciolândia, principalmente com o início das obras do Anel Viário, o governador Gladson Cameli ressaltou o processo de superação da pandemia de Covid-19 e a série de investimentos para o Acre que tem surgido.

Anúncios desta quarta foram acompanhados por uma grande comitiva do governo do Estado Foto: Diego Gurgel/Secom.


“Eu não vim aqui dizer que sou o salvador da pátria, mas nós vamos fazer o que tiver de fazer para superar este momento e o que ainda não fizemos foi porque toda essa crise não permitiu. Vamos começar segunda a vacinação da população em geral do nosso estado, novos investimentos estão seguindo em frente e não vamos reclamar dos desafios, vamos agradecer e superar. Estamos fazendo tudo que pudemos em parceria com nossos prefeitos, nossa bancada federal e estadual e nosso presidente da República que tudo que pedimos, deu ao Acre. E fiquem tranquilos que virão notícias boas para a evolução do nosso estado”, contou Cameli.

União pela diferença

Os anúncios desta quarta foram acompanhados por uma grande comitiva do governo do Estado formada por instituições como Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa), Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), Departamento de Trânsito do Acre (Detran), além da deputada federal Wanda Milani e o deputado estadual Antônio Pedro.

Prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, disse que reconhece os investimentos feitos no município Foto: Diego Gurgel/Secom.


Bastante enfática em ressaltar que parcerias como essa só fazem o Acre crescer, a prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, destacou: “Quando o governador vem aqui com sua equipe de secretários e deputados parceiros, nos da uma renovação bem grande. Porque todas as vezes que eu bati na porta do governador, fui bem recebida. Quando os investimentos chegam, a gente reconhece. E esse convênio inédito de recuperação de ramais é um presente para o povo do Alto Acre. Contém comigo para trabalharmos juntos”.

Prefeito de Epitaciolândia,  Sérgio Lopes, reforçou o alcance das ações Foto: Diego Gurgel/Secom.

Já o prefeito de Epitaciolândia,  Sérgio Lopes, reforçou o alcance das ações. “Estamos trabalhando insistentemente para melhorar a vida das pessoas em Epitaciolândia, cumprindo nossa promessa de campanha de cuidar da nossa gente. E em nome do nosso povo, quero cumprimentar o governador Gladson Cameli, primeiro por esse investimento histórico em ramais e em segundo pelas outras conquistas que farão a diferença para nosso povo”.

 



Comentários

Em alta