Hospital de Clínicas Raimundo Chaar – Foto: Alexandre Lima

São aproximadamente 50 funcionários que reversam a limpeza do hospital regional do Alto Acre, Raimundo Chaar, localizado em Brasiléia, que ainda estão sem receber seus salários atrasados, referente ao mês de dezembro de 2020 e parte do 13º salário.

Estes funcionários estão praticamente na linha de frente, limpando todos os dias o hospital que está com sua capacidade de atendimentos ao covid-19 e Dengue lotados. A empresa terceirizada, a Limpacre, já tem um histórico de atrasos desde o governo passado.

Os funcionários reclamam, pelo fato de atrasar seus compromissos, como o pagamento do pequeno mercado que fornece parte do alimento para suas famílias, do aluguel, da farmácia e principalmente, da energia que não espera para ser cortada.

Em contato com a assessoria da Sesacre, o jornal oaltoacre tentou saber se a Secretaria, está sabendo desse atraso, ou não fez o repasse para que fosse sanado junto a empresa.

A assessoria da Saúde não retornou e não foi possível o contato com a empresa terceirizada.

 

 

 

Comentários