fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Fronteira do Acre fica quase 14 horas sem comunicação

Publicado

em

Alexandre Lima

Foto: Divulgação/internet

Foto: Divulgação/internet

As cidades de Brasiléia e Epitaciolândia, mais uma vez, ficaram às escuras em relação aos meios de comunicação via celular, fixo e internet. O ‘apagão’ teve início por volta das 15 horas de segunda-feira (18), e se estendeu até aproximadamente, 9:45 desta terça-feira (19).

Até o momento, nenhum comunicado oficial foi enviado aos meios de comunicação, levando explicações do motivo que motivou o suspensão da comunicação. Somente ligações fixas locais eram realizadas, nem mesmo para outros municípios foi possível.

As cidades de Assis Brasil e Xapuri também podem ter sido afetadas, já que recebem a mesma linha. Em tempo, fazia tempo que esses apagões na comunicação não aconteciam na regional do Alto Acre e muitos consumidores falam em processar a empresa fornecedora.

Para quem se lembrou, conseguiu fazer ligações através de celular da cidade de Cobija, lado boliviano.

Nota

Mais uma vez, o jornal oaltoacre.com, repudia a falta de respeito e incompetência da empresa detentora do monopólio da comunicação no estado do Acre. Por anos, mesmo com visível ineficácia desde e extinta Teleacre, às autoridades competentes não fiscalizam e punem a Oi.

Pedimos aqui, outra vez, desculpas pela incompetência de uma empresa que sabe suspender os serviços daqueles que atrasam o apagamento, mas, não sabem disponibilizar um serviço adequado aos clientes lhes sustentam.

Cerca de 70% do Estado do Acre ainda recebem serviços de banda larga 2G, como às cidades de Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil, na regional do Alto Acre, considerada atrasada e arcaica para os padrões atuais.

Em tempo, é bom lembrar que o judiciário do Acre e alguns setores do Governo Estadual vem se adequando ao serviço digital, na tentativa de agilizar os processos e serviços. Quem sabe, quando um ‘graúdo’ venha perder o prazo e seja processado, alguma atitude seja tomada em relação a esta empresa.

A direção.

Comentários

Continue lendo

Acre

Eleitorado cresce e supera 13 mil cidadãos aptos ao voto em Xapuri

Publicado

em

O juiz eleitoral da 2ª Zona, Luis Gustavo Alcalde Pinto, disse que nesse momento, é esperado o momento das convenções e de registro dos candidatos. Segundo ele, o clima na comarca é de muito otimismo.

Neste ano, serão 19 locais de votação em Xapuri, com 66 secções. Na outra cidade da zona eleitoral, Capixaba, são 8.595 eleitores, em 11 locais de votação e 35 seções.

Raimare Cardoso

Com o encerramento do prazo para o cadastro eleitoral, em 8 de maio passado, já é possível ter um número bem aproximado da quantidade de eleitores que estarão aptos a votar nas eleições municipais de outubro em Xapuri.

Com 11.509 eleitores em 2022, agora o município, que faz parte da 2ª Zona Eleitoral junto com Capixaba, conta com 13.068 eleitores aptos. Na cidade, a Justiça Eleitoral trabalha a pleno vapor para deixar tudo pronto com muita antecedência para o pleito deste ano.

De acordo com o juiz eleitoral da 2ª Zona, Luis Gustavo Alcalde Pinto, nesse momento, é esperado o momento das convenções e de registro dos candidatos. Segundo ele, o clima na comarca é de muito otimismo.

“Atualmente, estamos em uma fase de aguardar as convenções partidárias e os registros das candidaturas. A Justiça Eleitoral permanece à disposição da sociedade, estamos trabalhando bem otimistas e, se Deus quiser, o próximo pleito ocorrerá visando sempre o respeito ao voto direto e à democracia”, disse.

Neste ano, serão 19 locais de votação em Xapuri, com 66 secções. Na outra cidade da zona eleitoral, Capixaba, são 8.595 eleitores, em 11 locais de votação e 35 seções.

Comentários

Continue lendo

Acre

TJAC e Acisa planejam programa para reeducandas do Sistema Prisional

Publicado

em

Por

O evento acontece em junho deste ano, na cidade de Rio Branco, com a parceria do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Secretaria de Estado da Mulher (Semulher), Conselho Empresarial de Mulheres Empreendedoras (CMEC)

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Comsiv), reuniu-se nesta semana, com a vice-presidente da Associação Comercial, Industrial, de Serviço e Agrícola do Acre (Acisa) e presidente do Conselho Empresarial de Mulheres Empreendedoras (CMEC), Patrícia Dossa, para alinhar e ajustar as atividades da 1ª Exposição de Artesanatos, do projeto “Produzindo a Liberdade”.

“O projeto busca profissionalizar e incentivar a produção de produtos elaborados pelas reeducandas, além de proporcionar a participação das egressas nas feiras de mulheres empreendedoras,” afirmou a servidora e integrante da Comsiv, Isnailda Silva.

O evento acontece em junho deste ano, na cidade de Rio Branco, com a parceria do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Secretaria de Estado da Mulher (Semulher), Conselho Empresarial de Mulheres Empreendedoras (CMEC).

Fonte: Tribunal de Justiça – AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Nota pública sobre morte de um detento no Presídio Antônio Amaro Alves

Publicado

em

Por

O governo do Estado do Acre, por meio do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), informa a morte do detento Oceu Rocha Martins, de 41 anos, nesta quarta-feira, 29, no Presídio Antônio Amaro Alves, em Rio Branco.

O detento que dividia a cela com Oceu relatou que, quando acordou, deparou-se com  o colega caído no chão, desacordado, e chamou um policial.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro ao detento, mas só pôde atestar o óbito. Não foram encontrados sinais de violência nos presos. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e o Iapen aguarda o laudo pericial.

Que, neste momento de profunda dor, Deus conforte o coração dos familiares.

Alexandre Nascimento
Presidente do Iapen/AC

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo