fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Forças de Segurança Pública realizam operação integrada no Complexo Penitenciário de Rio Branco

Publicado

em

O Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) deu início a uma operação integrada dentro da Unidade de Regime Fechado do Complexo Penitenciário de Rio Branco, nesta terça-feira, 4.

Forças de Segurança Pública realizam operação integrada no pavilhão masculino do Complexo Penitenciário de Rio Branco. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

As ações, desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp/Ac), em parceria com o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), têm como objetivo a apreensão de eventuais ilícitos dentro das celas do sistema prisional.

Entrada dos cães farejadores nas celas do Complexo Prisional em Rio Branco. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre, coronel José Américo Gaia, destaca que a ação é uma medida de segurança que está sendo potencializada dentro do Complexo: “A operação é uma intensificação, conforme o levantamento das informações de inteligência, que identificou os locais que mais poderiam ter apreensões de ilícitos.”

Secretário de Segurança Pública do Acre, coronel José Américo Gaia, afirma que as ações dentro do Sistema Penitenciário estão sendo intensificadas. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

O presidente interino do Iapen, delegado Marcos Frank Costa, explica que a iniciativa é uma continuação das programações que já vinham sendo desenvolvidas pela Segurança Pública do Estado: “Nós visamos com isso a apreensão de objetos que são potencial risco para a convivência dos apenados, para, assim, dar uma maior sensação de segurança à instituição”.

Presidente interino do Iapen, delegado Marcos Frank Costa, afirmou que as ações são continuação do planejamento que já vinha sendo executado pela Segurança Pública. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

A operação contou com um efetivo de mais de 50 policias de todas as forças, que direcionaram os apenados  para fora das celas e revistaram um a um. Logo após, as forças policiais revistaram cela por cela para a identificação de algum ilícito no meio dos pertences pessoais.

O diretor Operacional do Iapen, Tiênio Costa, conta que a ação faz parte de uma intensificação das medidas de rotina da Polícia Penal. “Fazem parte da nossa rotina, do policial penal, essas verificações diariamente no interior das celas, essas rondas, buscas e essa retirada de todo e qualquer material ilícito que possa ter no interior das celas. Além desses ilícitos, também é feita a identificação das lideranças de organização criminosa para a transferência deles para o outro presídio de segurança máxima”.

Diretor operacional do Iapen, Tiênio Costa. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

Além da Polícia Penal e suas forças especializadas: Divisão Penitenciária de Operações Especiais (DPOE), Divisão do Serviço de Operações e Escolta (DSOE), Divisão de Operações com Cães (DOC) e o Grupo de Operações Especiais (Gpoe), a operação contou com a presença da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Acre (Fico), da Polícia Federal, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), e do Grupo Especial de Fronteira (Gefron).

Gefron fazendo a guarda do pavilhão. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

Na oportunidade, foram encontradas armas confeccionadas pelos próprios detentos: objetivos pontiagudos feitos a partir de ferro e sacola, além de celulares, cadeados e carregadores.

Cães farejadores

Além de apoio aéreo, com um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), a operação contou com o auxílio de nove cães da Divisão com Cães (DOC), que realizaram o controle de segurança com a guarda do perímetro da ação na retirada dos apenados.

Apoio aéreo do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

Ao todo, são 26 cães farejadores em todo o estado, divididos entre os municípios de Cruzeiro do Sul, Rio Branco e Senador Guiomard, que nessa operação cedeu três dos seus animais.

Cães farejadores fazendo a guarda do local. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

Os cães farejadores são animais treinados para detectar substâncias entorpecentes, já que possuem olfato apurado, tendo capacidade de detectar uma variabilidade maior de cheiros, sendo fundamentais nas operações policiais.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Neném diz que vai convocar presidente do Saerb para esclarecer sobre a crise hídrica

Publicado

em

Presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, Raimundo Neném (PSB)

O presidente da Câmara Municipal, vereador Raimundo Neném (PL), declarou nesta sexta-feira, 21, que convocará o diretor-presidente do Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto (Saerb), Enoque Pereira, para apresentar um plano visando amenizar a possibilidade de falta de água em Rio Branco devido à crise hídrica.

Segundo Neném, é necessária a presença de Enoque, tendo em vista que a Defesa Civil alertou que metade dos bairros da capital poderá ser afetada pela falta de água. “Vamos chamá-lo para que possa explicar o que o Saerb está fazendo para que essa crise não prejudique a população”, comentou.

A Defesa Civil informou ao longo da semana que mais de 100 bairros devem ser afetados pelo desabastecimento de água durante este período de estiagem.

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura de Assis Brasil define data para realização do 18º Festival de Praia da Tríplice Fronteira

Publicado

em

18ª edição do Festival de Praia da Tríplice Fronteira será realizada em julho. Evento retorna com apoio de diversas instituições para fortalecer a festividade.

A Prefeitura de Assis Brasil anunciou a data da 18ª edição do Festival de Praia da Tríplice Fronteira, um dos eventos mais aguardados da região. Em reunião com representantes da Associação Comercial de Assis Brasil e da Federação das Associações Comerciais do Acre (FEDERACRE), ficou definido que o festival ocorrerá nos dias 19, 20 e 21 de julho, na praia do Cigano, na divisa entre Brasil, Peru e Bolívia.

O prefeito Jerry Correia destacou a importância do evento, que foi resgatado por sua gestão e se consolidou como um patrimônio cultural do município. “Nossa gestão resgatou o Festival de Praia, um dos principais eventos populares da nossa região. Essa festividade chega à sua 18ª edição, sendo assim um patrimônio cultural do nosso município. Esse ano teremos o envolvimento de outras instituições com o objetivo de fortalecer e garantir a sustentabilidade desse evento popular”, afirmou Correia.

Durante a reunião de planejamento, foi enfatizada a importância da colaboração entre diferentes entidades para o sucesso do festival. O envolvimento da Associação Comercial e da FEDERACRE é visto como um passo crucial para a ampliação e sustentabilidade do evento, que atrai turistas e movimenta a economia local.

Com a data definida, a prefeitura agora foca na organização e na preparação da infraestrutura necessária para receber visitantes e garantir uma programação diversificada. O Festival de Praia da Tríplice Fronteira é conhecido por suas atrações culturais, esportivas e gastronômicas, proporcionando um momento de lazer e integração entre as comunidades dos três países.

A 18ª edição promete ser especial, reforçando o valor cultural e econômico do festival para Assis Brasil e regiões vizinhas, celebrando a diversidade e a união dos povos da tríplice fronteira.

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura antecipou para hoje o pagamento do mês de junho, 3,1 milhões foram creditados na conta do servidor

Publicado

em

Por determinação do prefeito Sérgio Lopes, o setor de finanças efetuou na data de hoje dia 21, o pagamento da folha de todos os servidores municipais e cargos comissionados, foi colocado em circulação cerca de 3,1 milhões de reais fortalecendo a economia local.

Segundo informou o Secretário de Planejamento e Finanças Francisco Rodrigues, essa é umas das metas do prefeito Sérgio Lopes de pagar o servidor sempre em dia, e se possível antecipar o pagamento, conforme tem sido feito no decorrer desse ano de 2024.

O prefeito Sérgio Lopes ressaltou que pagar em dia o servidor ou até mesmo de forma antecipada garante o fortalecimento da economia logal e crescimento do comércio.

“Cada vez que pagamos nossos servidores em dia, estamos fazendo girar cerca de 3,1 milhões de reais, com isso estamos valorizando nossos servidores e ao mesmo tempo aquecendo a economia local e proporcionando o fortalecimento do comércio em geral, nossa gestão sempre teve essa preocupação de evitar gastos desnecessários para manter em dia nossa folha de pagamento e também nossos fornecedores.” Poutou Lopes.

 

 

Comentários

Continue lendo