fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Feira EcoFlores reúne 150 empreendimentos do Brasil, Peru e Bolívia no Horto Florestal

Publicado

em

A 9ª edição da EcoFlores, feira de economia solidária, popular e da agricultura familiar, inicia-se nesta quarta-feira, 5, a partir das 14h, no Horto Florestal, em Rio Branco. O evento reúne 150 expositores do Brasil, Peru e Bolívia, até o próximo domingo, 9, com apoio do governo do Acre, por meio da Secretaria de Turismo e Empreendedorismo (Sete) e realização da Central das Cooperativas de Empreendimentos da Economia Solidária (Unisol Brasil), do Sistema da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB/Sescoop) e Rede Ecocidadania (Reaja).

Durante a abertura do evento, será realizado um seminário internacional com o tema “Promovendo a sustentabilidade social através da economia solidária, popular e agricultura familiar”, que visa fortalecer, divulgar e valorizar os empreendimentos produtivos por meio de políticas de desenvolvimento sustentável.

A feira é uma oportunidade de promover a sustentabilidade social, apresentando produtos e empreendimentos de diversos segmentos, incluindo a agricultura familiar, artesanato, jardinagem, alimentação, economia criativa, artistas plásticos, móveis, cerâmica e brinquedos.

9ª Feira Ecoflores se estende de quarta-feira a domingo no Horto Florestal, em Rio Branco. Foto: Alice Leão/Sete

Como ambiente de oportunidades, a organização do evento estima receber cerca de 20 mil visitantes durante os cinco dias do evento: “A feira serve como uma vitrine. Muitas pessoas que trabalham com a economia solidária usam esse ambiente para divulgar seu trabalho e passam, muitas vezes, o ano inteiro entregando encomendas feitas aqui neste espaço. A OCB se orgulha de apoiar eventos como esse”, disse o presidente do Sistema OCB/Sescoop-AC, Valdemiro Rocha.

Feira reúne empreendedores da Economia Solidária do Brasil, Peru e Bolívia. Foto: Alice Leão/Sete

Em apoio à feira, a Sete organiza detalhes da estrutura do evento e dá apoio à participação de empreendedores. Além disso, nesta quinta-feira, 6, a pasta promoverá uma oficina sobre o impacto ambiental de resíduos sólidos, a partir das 9h, no Horto Florestal.

“Estamos muito felizes em sermos parceiros de um evento que proporciona essa troca de experiências culturais e a promoção de negócios entre os participantes da economia solidária e o público em geral, algo que é fundamental para o fortalecimento do segmento, tanto na nossa região, como nos países vizinhos que participam da feira. É muito bom ver esse ambiente de oportunidades em mais uma edição da EcoFlores”, disse a diretora de Empreendedorismo da Sete, Bianca Muniz.

A 9ª edição da Feira Ecoflores foi lançada na última segunda-feira, 3. Foto: Alice Leão/Sete

“Vamos falar um pouco da sustentabilidade, do fortalecimento das ações e políticas públicas e os empreendimentos que são os grandes protagonistas dessa festa. Então, estamos trazendo para a sociedade a importância da economia solidária, com a presença de empreendimentos de municípios do Baixo Acre e Alto Acre, e nossos países vizinhos, Peru e Bolívia. Convidamos todos para vir prestigiar”, disse o presidente da Unisol/AC, Carlos Omar da Silva.

Confira a programação

Quarta-feira, 5 de junho

  • 14h-18h: abertura da 9ª edição da Ecoflores, Feira da Economia Solidária e Popular do Acre
  • 14h-18h: seminário internacional “Fortalecendo a economia solidária e popular, agricultura familiar como estratégia para o desenvolvimento sustentável”
  • 18h: encerramento com atividade cultural: Fundação Garibaldi Brasil (FGB)

Quinta-feira 6 de junho

  • 9h-12h: oficina “Impactos ambientais dos resíduos sólidos”, no Horto Florestal. Responsável: Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (Sete)
  • 14h: reunião interinstitucional no Auditório da OCB/Sescoop. Responsável: Secretaria Nacional de Economia Popular e Solidária do Ministério do Trabalho (Senaes/MTE)
  • 14h30-18h: oficina “Compostagem, transformando resíduos orgânicos em adubo”, no Horto Florestal. Responsável: Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia)
  • 18h: encerramento com atividade cultural: Fundação Garibaldi Brasil (FGB)

Sexta-feira 7 de junho

  • 8h-12h: oficina temática da agricultura familiar e economia solidária, no Horto Florestal, com o tema “Explorando oportunidades: a contribuição do Ifac Transacreana para a comunidade através dos cursos e serviços”
    Conab – Alessandra Ferraz Cavalcante – superintendente da Regional da Conab no Acre
    Tema: programas e políticas públicas executadas pela Conab
    Embrapa – Bruno Pena Carvalho, chefe geral da Embrapa
    Tema : Tecnologias para a Agricultura Familiar
    Ifac – Matsunaga Paulo de Oliveira Sekiguchi – professor da Área de Matemática e diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão do Ifac Campus Transacreana
  • 18h Encerramento com atividade cultural: Fundação Garibaldi Brasil (FGB)

Sábado 8 de junho

  • 9h – 12h:  oficina “Empreendedorismo e possibilidades de incubação”, no Horto Florestal. Responsável: professora Gabriela Cunha de Oliveira (Ifac)
  • 18h: encerramento com atividade cultural: Fundação Garibaldi Brasil (FGB)

Quarta-feira a domingo 5 a 9 de junho

  • 8h-18h – Secretaria Municipal de Educação
  • Apresentação do Projeto Empreendedorismo (exposição da produção de hortaliças, plantas medicinais, reutilização de vasos para cultivo)
  • Apresentação do projeto Saúde na Escola, com a equipe multidisciplinar e exposição dos equipamentos de primeiros-socorros disponibilizados para salvar vidas nas escolas
  • Exposição de equipamentos tecnológicos: data-show, tela de projeção, estação de trabalho, tablets, notebooks, chromebooks
  • Jogos Educativos em MDF para crianças com necessidades especiais
  • 18h Encerramento com atividade cultural: Fundação Garibaldi Brasil (FGB)

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Em videoconferência vice-governadora Mailza Assis defende rotas de integração entre o Acre e o Peru

Publicado

em

Por

Em videoconferência realizada no final da tarde desta quinta-feira, 20, a vice-governadora Mailza Assis defendeu as rotas de integração entre o Acre e o Peru como ações estratégicas para o fortalecimento da economia regional. A reunião remota contou com a participação do governador da região de Ucayali, Manuel Gambini Rupay, o titular da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), Assurbanípal Mesquita, e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, Luiz Gonzaga.

Reunião remota foi preparatória para o encontro de integração Acre – Ucayali que acontecerá no dia 12 de julho deste ano. Foto: Jairo Carioca/Seict

“A integração entre o Brasil e o Peru por meio do Acre vai gerar riquezas não somente para o nosso estado, mas para toda região” disse a vice-governadora.

No dia 12 de julho, acontece em Cruzeiro do Sul, o Encontro de Integração Acre – Ucayali, com o objetivo de dar continuidade às articulações que visam a realização de um voo regional entre as cidades peruana e brasileira, além da retomada do diálogo para construção de uma rodovia que ligaria o Acre ao Peru via Pucallpa. A vice-governadora Mailza Assis aproveitou para convidar Manoel Gambini para participar da agenda de governadores da Rota Quadrante Rondon programada para acontecer dias 9 e 10 de julho, em Rio Branco.

“Consideramos essas duas agendas estratégicas e fundamentais para o fortalecimento da nossa economia, do turismo e do desenvolvimento do estado como um todo”, acrescentou a vice-governadora.

O titular da Seict, Assurbanipal Mesquita, destacou o apoio do governador Gladson Cameli nas ações que visam o fortalecimento da Rota Quadrante Rondon e na retomada do diálogo entre as autoridades e o setor produtivo do Acre e Ucayali.

O presidente da Aleac, deputado Luiz Gonzaga colocou o parlamento a disposição das instituições reafirmando o compromisso do legislativo com pautas que visem o desenvolvimento do estado. “Estamos unidos, Executivo e Legislativo nas articulações com o Peru que visam melhorar a qualidade de vida das populações brasileiras e peruanas que vivem na fronteira”, disse Gonzaga.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Trio que tentou matar taxista durante assalto passa a ser réu

Publicado

em

Os presidiários Weverton Feliciano, Jeferson de Souza Vieira e Lorrana Nascimento Gadelha, passaram da condição de acusados para réus pela tentativa de latrocínio contra um taxista e também por tráfico de drogas.

A decisão é do Juiz da Comarca do Bujari Manoel Simões Pedroga, que aceitou a denúncia do Ministério Público do Acre,

O crime aconteceu na noite de 29 de abril deste ano.

Consta na denúncia, que a intenção do trio, era subtrair o carro da vítima.

Para conseguir o plano criminoso, Lorrana contratou uma corrida entre Rio Branco a Bujari.

Mas durante o trajeto, a vítima foi rendida e levada para o Ramal do Mutum, área rural do Bujari.

Como medo de ser assassinado, o taxista correu e foi atingido com tiro de raspão na região da cabeça.

Mesmo ferido o taxista, pediu ajuda e foi socorrido pelo SAMU.

Pouco tempo depois, os três acusados foram presos pela Polícia Militar.

Ainda na decisão, que recebeu a denúncia, a justiça manteve a prisão de Weverton, Jeferson e Lorrana Gadelha.

Matérias relacionadas:

Trio do Crime: Bandidos do Comando Vermelho são presos após ataque a taxista

Da custódia para cela: Trio que tentou matar taxista durante assalto tem prisão preventiva decretada

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura de Rio Branco inicia Programa de Educação Fiscal nas escolas

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Rio Branco, por meio das Secretárias Municipais de Educação (Seme) e de Finanças (Sefin), abriu oficialmente, na manhã desta quinta-feira (20) o Programa de Educação Fiscal 2024. A ideia é levar aos alunos da rede pública a consciência e a importância do pagamento dos tributos necessários para a municipalidade investir não só na educação, mas também em obras de infraestrutura, saneamento e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos rio-branquenses.

Wilson: “Tributos pagos são importantes para o retorno” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

O secretário municipal de Finanças, Wilson Leite, explicou como os tributos pagos são importantes para o retorno aos próprios contribuintes.

“A gente não consegue realizar nada se não for pelo valor pago pelos impostos dos cidadãos rio-branquenses. seja na Educação, na Saúde, na limpeza da cidade, então são inúmeras as responsabilidades que têm sobre o município e a gente só consegue dar uma contrapartida e realizar todos esses trabalhos com o pagamento desses impostos.”

A coordenadora do programa, Kalma Roberta, salienta que esse curso de Educação Fiscal, voltado principalmente para os professores nesse primeiro momento, será fundamental.

Kalma: “O curso será fundamental” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

“Através desse programa, as crianças agora têm prazer em estudar numa escola pública, têm prazer de adquirir conhecimento com as pessoas preparadas. E aí, hoje, a nossa rede municipal de ensino é uma referência não só em nível de estado, mas a nível nacional pela iniciativa, pela preocupação de trazer isso para as nossas crianças, principalmente as crianças do ensino fundamental da rede municipal de Ensino”.

Nabiha: “A criança vai aprender a desenvolver  sua cidadania” (Foto: Josefran Freitas / Assecom)

Para a secretária municipal de Educação, professora Nabiha Bestene, esse entendimento hoje do pagamentos dos tributos pelas crianças em idade escolar, irá transformar futuros cidadãos conscientes de suas responsabilidades também para com a cidade e o lugar onde vivem.

“A criança vai aprender a desenvolver a sua cidadania, a criar, saber que ele têm direitos, mas ele têm também deveres, e saber que os tributos são de suma importância, que os pais, que todos nós temos que pagar ao município para que possa desenvolver as suas atividades. Eles vão receber nas escolas, as cartilhas, as instruções, as orientações e depois eles fazem através de uma redação e a escola recebe como prêmio, digamos, uma televisão, um data show, o que eles estão precisando naquela escola.”

Fonte: Prefeitura de Rio Branco – AC

Comentários

Continue lendo