Conecte-se conosco





Extra

Ex-policial que roubou armas no Acre foi preso no interior de São Paulo

Publicado

em

O ex-policial denunciado pela subtração e ocultação duas submetralhadoras, três carregadores para submetralhadoras, 60 munições intactas .40, uma carabina/fuzil, três carregadores e 60 munições intactas, calibre 5.56 e uma uma pistola spark eletrochoque, todos pertencentes à Secretaria de Estado de Polícia Civil do Acre, se encontra preso no interior de São Paulo.

Maicon Cesar Alves dos Santos, estava envolvido no furto de armas da Delegacia de Brasileia, no ano de 2018. Segundo a promotoria na época, a as investigações apontaram que o ex-agente da Polícia Civil, no exercício do cargo, foi responsável por levar o comparsa Luiz Gustavo até a sede da Delegacia de Polícia Civil de Brasiléia, local em que mostrou onde estavam guardadas as armas, ficando estabelecido que, durante a madrugada, seria realizada a subtração.

Na época. tentou encobrir as pistas que levavam à autoria do crime, apagando imagens de câmeras, que captaram Luiz carregando as armas de fogo até um hotel aonde havia arrendado e induzindo em erro a equipe de investigação.

As armas foram ocultadas num corredor estreito, localizado entre o prédio e o muro do referido hotel. Após ser descoberto, Maicon Cesar evadiu-se do Estado, e atualmente, encontrava-se na condição de foragido, com mandado de prisão preventiva aberto.

Sua prisão teria ocorrido por acaso durante uma blitz policial na cidade de Campinas (SP) no dia 5 de maio passado, pois o mesmo não portava documentos e ao ser investigado, constataram que o mesmo tinha um mandado de prisão em aberto contra sua pessoa.

Para algumas autoridades do Acre, ficaram sabendo da prisão do foragido somente nesta quinta-feira, dia 10, cerca de 40 dias depois. Não se sabe ainda se o mesmo será transferido para o Estado, onde poderá cumprir sua pena de sete anos pelo roubo.

Matérias relacionadas:

Armas, munições e carregadores furtadas de delegacia de Brasiléia são localizadas

Delegacia de Brasiléia é invadida e tem armas roubadas na madrugada

Policial civil do Acre condenado por sequestro e acusado de facilitação de roubo de armas é demitido

Justiça acata denúncia do MP contra policial envolvido em furto de armas em delegacia; agente está foragido

Comentários

Em alta