Rebeca Rocha - VC PM

Na manhã desta terça-feira (12), o Comandante-geral da PMPA, Coronel Dilson Júnior, realizou uma cerimônia de condecoração, onde concedeu ao Ex-Comandante-Geral da Polícia Militar do Acre, Coronel Ulysses Araújo, a medalha “Ordem do Mérito Tiradentes”, uma das honrarias mais expressivas da Polícia Militar do Pará.

A cerimônia de entrega ocorreu na sede do Quartel do Comando Geral e também contou com a presença do chefe do Estado-Maior Geral, coronel Marcelo Ronald Botelho. O Comandante-Geral, Dilson Júnior, iniciou agradecendo a imensa contribuição dada pelo Coronel Ulysses Araújo citando o trabalho por ele realizado e ainda aproveitou o momento para ressaltar a importância simbólica da medalha Tiradentes, Patrono das Polícias Militares.

Segundo o Comandante-Geral, a entrega da medalha Tiradentes é um reconhecimento ao trabalho feito pelo Coronel Ulysses Araújo que iniciou sua carreira militar aos 19 anos de idade, em Curso de Formação de Oficiais realizado em Belém.

“Esta medalha para nós é muito importante. Por isso, estou retribuindo a honra que você me deu em receber a medalha lá no Acre. E hoje, fico feliz em poder entregá-la para você como um reconhecimento não só pelo seu trabalho aqui, como cadete, mas também pelo trabalho que você desempenhou como Comandante-Geral, da nossa co-irmã, que é a Polícia Militar do Acre”, declarou o Comandante-Geral, Dilson Júnior, enquanto entregava a medalha.

Emocionado, o coronel Ulysses Araújo agradeceu pela honraria e aproveitou para relembrar o momento em que chegou à Belém do Pará para iniciar a carreira na Polícia Militar. O coronel relembra saudosamente que fez parte da Academia Coronel Fontoura, onde integrou a mesma turma em que estavam o Comandante-Geral, Dilson Júnior e o chefe do Estado-Maior Geral, coronel Marcelo Ronald Botelho.

“Me sinto muito honrado em receber esta alta condecoração, pois tive oportunidade de iniciar minha carreira na Polícia Militar aqui no Pará. Então poder retornar aqui, hoje, para receber essa condecoração como reconhecimento dos serviços prestados à sociedade é uma honra imensa!”, ressaltou o coronel Ulysses Araújo.

 

Comentários