Conecte-se conosco

Flash

Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford

Publicado

em

Os estados brasileiros começaram a receber as doses da vacina de Astrazeneca/Oxford, chegadas na sexta-feira (22).  As doses fazem parte do lote fabricado pelo Instituto Serum, da Índia, e têm uso emergencial autorizadopela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A Anvisa confirmou a eficácia global do imunizante em 70,42%, validando estudo publicado no início de dezembro pela revista científica The Lancet. A eficácia mede a taxa de sucesso na prevenção da covid-19 comparada a quem recebeu placebo (medicamento inócuo).

Ouça na Radioagência Nacional:

Rio de Janeiro

O governo do estado do Rio de Janeiro vai iniciar amanhã (25) a distribuição das 185 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford aos municípios fluminense, recebidas ainda neste sábado (23). “Uma grande operação foi montada para que todas as cidades possam dar início a essa nova fase da vacinação assim que receberem as doses e as recomendações técnicas da secretaria, oriundas do Ministério da Saúde”, afirma nota divulgada na noite de ontem.

Assim como as 487 mil doses da vacina Coronavac recebidas na semana passada, as vacinas AstraZeneca/Oxford serão destinadas ao público prioritário, segundo orientação do Ministério da Saúde.

O estado do Rio de Janeiro já vacinou 89.237 pessoas em 85 municípios até as 18h de ontem (23), todos com a vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac.

A Secretaria de Estado de Saúde afirma ter enviado ofício aos municípios recomendando que seja feita uma busca ativa para levantar casos de idosos e pessoas com deficiência vivendo em instituições que não estejam cadastradas no Ministério da Saúde e, por isso, possam não ter recebido ainda doses da vacina Coronavac.

O público prioritário da primeira fase de vacinação são profissionais de saúde, idosos e pessoas com deficiência que vivem em instituições de longa permanência, população indígena aldeada e quilombolas. Algumas vacinas começaram a ser aplicadas ainda ontem.

O médico infectologista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), Estevão Portela, recebe a dose da vacina de Oxford/AstraZeneca na Fiocruz. – Tomaz Silva/Agência Brasil

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde informou que todas as doses da vacina AstraZeneca/Oxford enviadas pelo Ministério da Saúde para o Estado do Rio serão distribuídas aos municípios em única remessa, para aplicação imediata, de acordo com as prioridades do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Isso significa que, diferentemente das vacinas Coronavac, que tiveram unidades guardadas para a segunda a dose dos primeiros vacinados, as vacinas AstraZeneca/Oxford serão todas aplicadas imediatamente. A subsecretaria explica que a decisão foi tomada “tendo em vista que a aplicação da segunda dose pode ser realizada em 90 dias após a primeira”.

Amazonas

Também na noite deste sábado (23), o governador do Amazonas Wilson Lima acompanhou no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes a chegada de um lote de 132,5 mil doses da vacina da AstraZeneca. Ainda neste domingo deve chegar ao estado mais um lote de 44 mil doses do imunizante. “Com isso vamos vacinar todos os idosos acima de 60 anos de idade e todos os profissionais de saúde”, explicou o governador, ao lado do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.  O estado terá 5% das vacinas, devido a acordo proposto pelo Ministério da Saúde e aceito pelos governadores.

Ministro Pazuello e Governador do Amazonas Wilson Lima acompanham chegada das vacinas contra covid-19 ao Amazonas. – Diego Peres/Secom Governo do Amazonas

Segundo o governador, a rede de distribuição está preparada para levar as doses a partir desta segunda-feira aos municípios. “Nós já nos preparamos com nossa rede de distribuição, organizada de acordo com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde”.

Nota do ministério da Saúde informa que Pazuello não tem voo de volta a Brasília. “Ficará no Amazonas o tempo que for necessário. Vai comandar de perto as ações emergenciais de combate à covid-19, ao lado da equipe do Ministério da Saúde que já trabalha para apoiar a população do amazonense”.

Ceará

Ainda no sábado, o Ceará também recebeu suas doses do imunizante. São 72,5 mil doses, que serão distribuídas. “A vantagem dessa vacina, como orientado pelo Ministério da Saúde, é que todas as doses poderão ser usadas, porque a segunda dose dela poderá ser feita com até 90 dias. Até lá, já há programação de novas remessas”, detalhou o governador do estado, Camilo Santana.

Ministro Pazuello e Governador do Amazonas Wilson Lima acompanham chegada das vacinas contra covid-19 ao Amazonas. – Diego Peres/Secom Governo do Amazonas

Minas Gerais

Minas Gerais recebeu neste domingo, no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins (região metropolitana da capital), as 190,5 mil doses da vacina da AstraZeneca. O lote foi recebido pela Secretaria de Estado de Saúde e enviado para armazenagem na Central Estadual de Rede Frio de Minas Gerais, na capital mineira. O transporte até a Rede contou com a escolta da Polícia Militar. As doses devem ser distribuídas nos próximos dias aos municípios do estado para garantir a vacinação dos trabalhadores da Saúde.

Chegada de 190.500 doses da vacina AstraZeneca a Belo Horizonte – Pedro Gontijo/Imprensa MG

Distrito Federal

O Distrito Federal também recebeu sua parte. São 41,5 mil doses do imunizante, encaminhadas de imediato para a Rede Frio da Secretaria de Saúde.

Veja aqui o calendário de distribuição aos estados

Comentários


Flash

Acre alcança resultado expressivo em boletim de finanças divulgado pelo Ministério da Economia

Publicado

em

Segundo informações divulgadas recentemente pelo Ministério da Economia, o Acre compõe a lista de estados que estão avaliados positivamente no Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais com nota B na Capacidade de Pagamento (Capag).

Com resultado expressivo pelo quarto ano consecutivo, o Acre, juntamente com outros 20 estados, está devidamente autorizado a contrair operações de crédito ou empréstimos com garantia da União. Isso significa que, em caso de eventuais prejuízos ou inadimplências durante a gestão, o governo federal assume e cobre a dívida.

Estado alcança o resultado pelo quarto ano consecutivo e adota nota A como meta para 2023. Ilustração: Sefaz/Acre

A avaliação positiva e destaque no cenário econômico nacional desponta como um reconhecimento sobretudo para as áreas que se articulam diretamente na gestão dos recursos públicos e atuam na promoção do equilíbrio fiscal no estado, viabilizando o aquecimento da economia e, com isso, o aumento da renda e da geração de emprego.

“Demonstra o compromisso do Governo Gladson, por meio da equipe técnica da Sefaz, que não se limita a arrecadar e fiscalizar, mas também dá solidez no controle das finanças públicas”, disse o secretário de Estado da Fazenda, Amarísio Freitas.

Ainda segundo ele, o zelo e o cuidado com a coisa pública tem sido umas das premissas da gestão e equipe da Fazenda.

Secretário da Fazenda, Amarísio Freitas, atribui bons resultados à gestão de Gladson Cameli e aos servidores fazendários. Foto: Ascom/Sefaz

Secretário da Fazenda, Amarísio Freitas, diz que zelo e o cuidado com a coisa pública tem sido umas das premissas da gestão Foto: Cedida.

“Diariamente, temos que tomar decisões que afetam diretamente os cidadãos acreanos. Estamos diante de cenários desafiadores para o próximo ano ante à perda de receitas, mas esta avaliação nos deixa prontos e confiantes para continuar avançando”, destacou o secretário.

Endividamento reduzido

Segundo dados da Diretoria de Contabilidade Geral do Estado, o Acre apresentou resultados expressivos também na redução do indicador de endividamento que, em 2018, era de 82,07% e, agora em 2022, caiu para 63,13%. A meta para 2023, segundo a Sefaz, é reduzir ainda mais, chegando a menos de 60% e, assim, ingressar na elite dos estados com melhor avaliação com nota A.

De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a metodologia do cálculo é composta por três indicadores: endividamento, poupança corrente e índice de liquidez. Dessa forma, faz-se uma avaliação do grau de solvência, a relação entre receitas e despesa correntes e a situação de caixa para verificar a saúde fiscal do Estado.

Ao apurar a situação fiscal dos estados que querem contrair novos empréstimos com garantia da União, a Capag verifica se, porventura, um novo endividamento representaria risco de crédito para o Tesouro Nacional. (Com informações da Secretaria do Tesouro Nacional)

Comentários


Continue lendo

Flash

Prefeito de Rio Branco prestigia ação do Projeto Futuro no Colégio Lorival Pinho

Publicado

em

Prefeito Tião Bocalom e presidente do Projeto Futuro, Jociel Marques, recebendo o carinho dos servidores / Foto: Assecom

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, prestigiou na manhã deste sábado (3), no Colégio Lorival Pinho, no bairro Triangulo Novo, mais uma ação do Projeto Futuro. Um torneio de futsal entre os alunos da instituição, cuja a inscrição fora uma cesta básica por time e a premiação de R$ 600 para o vencedor e R$ 300 para a equipe vice-campeã.

Equipe Futuro, liderada por Jociel Marques / Foto: Assecom

Jociel Marques, presidente do Projeto Futuro, explica que a ação tem dois nobres objetivos simultâneos: incentivar e promover a prática de esportes para jovens e adolescentes e, também, ajudar àqueles que mais precisam, com a doação das cestas básicas obtidas através das inscrições das equipes ao torneio. Ele aproveitou para agradecer a presença do prefeito de Rio Branco ao evento.

“É muito bom chegar nos lugares e receber esse carinho”, afirmou o prefeito / Foto: Assecom

“Nós tivemos como convidado especial o prefeito Tião Bocalom, ele aproveitou a ocasião e fez uma fala de incentivo aos professores e alunos presentes. Foi uma alegria poder recebê-lo.”

O prefeito visitou todos os cômodos do colégio, conversou com alunos e servidores, de quem recebeu um carinho especial.

“É muito bom chegar nos lugares e receber esse carinho! Tem sido assim em todo canto. É bom também ver a satisfação dos servidores com a nossa gestão e a valorização que temos dado a eles. Um professor fez questão de mostrar sua felicidade de hoje estar ganhando melhor que um servidor da mesma função dele no Estado”, afirmou o gestor.

Sobre o Projeto Futuro:

O projeto se baseia em um grupo de amigos, liderados pelo  professor Jociel Marques, que desde 2018 realiza ações nas comunidades, sobretudo nas mais carentes. Umas das principais ações do grupo é o Reforço Total – aulas solidárias voltadas aos estudantes que irão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) –

 

 

Comentários


Continue lendo

Flash

Boletim Sesacre registra 209 novos casos e um óbito por Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que foram registrados 209 novos casos de coronavírus neste sabado, 3 de dezembro. O número de infectados notificados é de 154.671 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 361.498 notificações de contaminação pela doença, sendo que 206.817 casos foram descartados e 10 exames de RT-PCR aguardam análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 150.393 pessoas já receberam alta médica da doença.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS) e estão sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Um óbito foi notificado neste sábado, 3, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 aumente para 2.032 em todo o estado.

O paciente O. F. B, 84 anos, deu entrada em uma unidade de saúde do estado em 20 de novembro e faleceu no dia 30 do referido mês.

Sobre os casos de covid-19 no estado, acesse:

BOLETIM_AC_COVID_03_12__2022

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:

http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

Comentários


Continue lendo

Em alta