fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Estado participa de Seminário de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes

Publicado

em

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), participou nesta terça-feira, 4, do Seminário Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, realizado no auditório do Ministério Público do Acre (MPAC).

Órgãos parceiros participaram do Seminário de Enfretamento à Violência Sexual. Foto: Tiago da Silva/MPAC

O evento dá continuidade às ações de proteção e combate realizadas em maio, em comemoração ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado em 18 de maio.

A titular da SEASDH, Maria Zilmar da Rocha, destacou a importância do seminário como um momento significativo para discutir e deliberar ações necessárias no enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes.

Secretária falou sobre a importância do combate ao abuso dos jovens do estado. Foto: Esther Menezes/Seasdh

“Falo como mãe, como mulher e como alguém que já foi criança. Nossas crianças e adolescentes são nosso futuro, e é nossa responsabilidade garantir um ambiente seguro para que cresçam e se desenvolvam como cidadãos de bem,” afirmou.

Zilmar também ressaltou a necessidade de coragem para enfrentar a violência silenciosa e invisível: “A violência muitas vezes é silenciosa e invisível. Por isso, é essencial que todos, especialmente os responsáveis pelas denúncias, sejam corajosos e superem os obstáculos do silêncio. Este seminário tem como propósito abordar essas questões e encontrar soluções eficazes”. 

Procurador ressaltou a importância do trabalho de todos os órgãos que atuam no combate. Foto: Tiago da Silva/MPAC

Durante o seminário, foram apresentados dados sobre os fatores de risco e vulnerabilidades à violência sexual, incluindo relações de gênero, etnia, orientação sexual, classe social, local de moradia (rural ou urbana), condições econômicas e fatores geracionais.

O procurador-geral de Justiça do MPAC, Danilo Lovisaro, reforçou a importância da proteção das crianças e adolescentes:

“Como dito pela nossa secretária, proteger as crianças de hoje é garantir o futuro da nossa sociedade. A proteção é uma responsabilidade compartilhada pelo Estado, pela família e pela sociedade. Precisamos estar unidos neste grande projeto de tutela e defesa das crianças e adolescentes”, afirmou.

Danilo acrescentou: “Há muito a ser construído no sistema de justiça e no acolhimento. Tenho certeza de que este evento será um passo importante, reunindo todos os atores envolvidos para fortalecer tanto a prevenção quanto a repressão”.

Representantes de conselhos debateram sobre o plano estadual. Foto: Tiago da Silva/MPAC

Após a abertura da solenidade, a coordenadora do Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes, Dulce Silva, apresentou o plano estadual de enfrentamento, cujo objetivo é compreender e analisar as metas sistematizadas com a coordenação do comitê, composto por instituições do poder público e da sociedade civil.

“O comitê mobilizou-se para visitar os 22 municípios, realizando um retrospecto e a atualização do plano. Foi um período de intenso aprendizado para todos, trabalhando em conjunto com a comissão do plano decenal. Em 2018, estabelecemos uma parceria com o PEDCA [Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente], que nos ajudou a coletar propostas e metas dos municípios entre 2018 e 2019,” explicou Dulce Silva.

Fonte: Governo AC

Comentários

Continue lendo

Acre

Vereador Francisco Piaba faz indicação na Câmara reivindicando gratuidade na travessia de balsa no Polo Benfica

Publicado

em

O vereador Francisco Piaba (União Brasil) fez uso da tribuna na sessão desta quinta-feira, 13, na Câmara de Rio Branco, solicitando que a Prefeitura da Capital assuma a balsa que faz a travessia do Rio Acre pelo Polo Benfica.

A principal reinvidicação do parlamentar é para que o serviço seja realizado de forma gratuita, beneficiando centenas de produtores rurais.

“O pedido é para que o governo repasse a balsa do Benfica para a Prefeitura. Que a gestão municipal assuma o equipamento e não cobre pela travessia de veículos de passeio, pequenos caminhões e motos”, frisou Piaba.

O vereador também ressaltou que muitas famílias não têm como pagar a taxa para atravessar o manancial.

“Muitos ribeirinhos, famílias, produtores e estudantes que moram no Projeto de Assentamento Moreno Maia, do Barro Alto e de outras localidades, muitas vezes não têm condições de pagar R$10, R$20 até R$50 que está nos caminhões. Há tempos estamos lutando por melhorias naquela região. Que o poder público atenda o pedido da comunidade”, concluiu o parlamentar.

Comentários

Continue lendo

Acre

Bocalom entrega 800 tablets para agentes de saúde em Rio Branco: ‘Mais dignidade ao trabalho’

Publicado

em

O prefeito da capital, Tião Bocalom, disse durante a entrega que este é mais um passo para a modernização de Rio Branco

Os aparelhos foram entregues pelo prefeito Tião Bocalom/Foto: ContilNet

A Prefeitura de Rio Branco entregou 800 tablets para os agentes comunitários de saúde e de endemias, a fim de auxiliar nas atividades executadas por elesA entrega dos aparelhos eletrônicos ocorreu na tarde desta quinta-feira (13), no auditório localizado no centro universitário Uninorte.

O secretário da Casa Civil, Valtim José da Silva, afirma que a ação irá beneficiar principalmente aqueles servidores da ponta do serviço, que vão às casas da população fazer o levantamento de informações.

“Estão sendo entregues 800 tablets para dar mais dignidade ao trabalho desse pessoal, que é o pessoal da ponta, que vai visitar as casas, estamos dando mais condições de trabalho para eles”, disse o secretário.

O prefeito da capital, Tião Bocalom, disse durante a entrega que este é mais um passo para a modernização de Rio Branco.

Bocalom participou da cerimônia/Foto: ContilNet

“Com esses aparelhos nós vamos melhorar a produtividade e a qualidade do trabalho dos nossos agentes, assim eles poderão tanto enviar dados em tempo real como conferir dados do sistema. Estamos comprando o que tem de melhor no mercado, dando os melhores equipamentos disponíveis para facilitar o trabalho dos agentes e atender melhor as famílias”, disse ele.

Frank Lima foi secretário de Saúde no começo do governo do atual prefeito, hoje coordenador de campanha para possível reeleição, também falou sobre a importância dos aparelhos.

“Saúde não é só médico, remédios e exames, é trabalhar de forma preventiva para que a doença não chegue, então esses equipamentos vão melhorar o serviço e alimentar o SUS e melhorar nossos dados, ajudando a prevenir epidemias de várias doenças da região, através da informação”, explicou.

Dionara Vilela tem 42 anos e é agente de endemias, e comenta sobre a praticidade que os aparelhos vão proporcionar às equipes.

“Vai facilitar muito, usamos todo dia muito papel, é muita coisa pra organizar por parte dos agentes, sou chefe de equipe e preciso organizar muito papel. O eletrônico vai facilitar bastante e nós estávamos esperando isso há muito tempo”, conta a servidora.

O prefeito da capital, Tião Bocalom, disse durante a entrega que este é mais um passo para a modernização de Rio Branco/Foto: ContilNet

Comentários

Continue lendo

Acre

Quase 80% das famílias acreanas estavam endividadas em maio de 2024, diz pesquisa da Fecomércio e Data Control

Publicado

em

De acordo com pesquisa recente realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio-AC) e o Instituto Data Control, o maior endividamento dos acreanos diz respeito ao cartão de crédito, representando 72,5% dos endividados.

Segundo o CNC, o endividamento com o cheque especial terminou maio com 3,9%, sendo o menor índice desde 2010

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgou dados que apontam que o nível de endividamento e inadimplência do consumidor apresentou mais uma elevação, sendo a maior desde maio de 2023, quando alcançou 78,3%.

No Acre, ao menos 90 mil famílias estavam endividadas durante maio, representando um índice de 77,8%. Das famílias endividadas no Acre, mais de 37 mil estão com dívidas em atraso, e 16 mil estão sem condições de pagar suas dívidas. O indicador é o menor desde novembro de 2023, quando atingiu 78,5% das famílias

Cheque especial

O Acre também tem seguido a tendência nacional em relação ao uso do cheque especial. Segundo o CNC, o endividamento com o cheque especial terminou maio com 3,9%, sendo o menor índice desde 2010.

No Estado, de acordo com pesquisa recente realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio-AC) e o Instituto Data Control, o maior endividamento dos acreanos diz respeito ao cartão de crédito, representando 72,5% dos endividados.

Segundo a pesquisa, endividamento não é sinônimo de inadimplência,pois as dívidas contraídas são pagas em até 30 dias, e não gera inadimplência com os credores.

Comentários

Continue lendo