fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Escola do Poder Judiciário do Acre investe na Formação de Formadores

Publicado

em

Órgão de Ensino tem avançado na valorização profissional e no aperfeiçoamento de magistradas(os) e servidoras(es).

A Escola do Poder Judiciário do Acre (Esjud) tem investido com empenho na formação de formadores, para que sejam capazes não apenas de elaborar aulas no contexto da magistratura, mas principalmente desenvolver competências nos profissionais da Justiça Estadual.

Nestas duas últimas semanas, dezenas de pessoas foram alcançadas com dois cursos credenciados pela Escola Nacional de Formação de Magistrados (Enfam). Ambos integram o Programa de Formação de Formadores (FOFO): Nível 1/Módulo 3 e a Formação de Tutores no contexto da Educação Judicial.

As atividades compreenderam um total de 56 horas-aula, nas modalidades presencial e semipresencial, respectivamente, realizadas no laboratório de informática da faculdade Uninorte, por meio de parceria.

O diretor da Esjud, desembargador Elcio Mendes, destacou que o processo de ensino-aprendizagem é fundamental “para que haja êxito na concretização de metas e objetivos da Instituição”. Também ressaltou que uma das diretrizes da atual Direção do Órgão de Ensino “é a profissionalização das equipes de trabalho e das rotinas de produção”. “A capacitação ministrada pelos próprios servidores é algo inédito, a “prata da casa fazendo a diferença, algo que deve ser valorizado”, concluiu, ao agradecer pela colaboração da Uninorte.

Objetivo da formação

O objetivo da Formação de Formadores é oportunizar a preparação didático-pedagógica e, também, proporcionar reflexões relevantes sobre a prática educativa, considerando aspectos do planejamento educacional/pedagógico e da docência. Os cursos também possuem efeito multiplicador, pois promovem parcerias com as demais escolas e busca a permanente de capacitação e aperfeiçoamento de magistradas(os) e servidoras(es).

Avaliação Enfam

Mirelle Cardoso acompanhou presencialmente a realização do FOFO da Escola. De acordo com a pedagoga, o trabalho de avaliação da Enfam assume caráter orientador e pedagógico, para que se possa analisar a relação entre proposta/planejamento e execução da formação/capacitação. A analista judiciária elogiou a atuação da Esjud, especialmente porque as atividades foram conduzidas por dois profissionais da própria Escola. Informou que será emitido um relatório, cujo principal objetivo é contribuir para a qualificação contínuo das escolas judiciais de todo Brasil.

“Depois que a Enfam estabeleceu essa maior aproximação, com um acompanhamento presencial, houve consideráveis avanços relativos à aplicação de normas e diretrizes pedagógicas. A implementação de metodologias ativas, com desenvolvimento de competências, por exemplo, permite um o aperfeiçoamento constante do corpo docente e, consequentemente, uma melhor preparação para os desafios da atividade judicial”, explicou.

Avaliação de quem fez

Um dos formadores da agenda educacional, Breno Cavalcante destacou que para uma eficiente formação de formadores é indispensável discutir a prática docente pelo viés reflexivo, sem perder de vista o contexto onde se pretende desenvolver as competências para a prática jurisdicional, e o uso das tecnologias digitais.

O formador Odson Moreira fez uma análise, apontando os resultados obtidos nas duas formações. “As expectativas foram superadas a cada etapa, a exemplo do feedback recebido em sala de aula. O conhecimento foi construído a cada encontro, com participação intensa dos cursistas, uso das metodologias ativas propostas pela Enfam e de novos recursos, que favorecem o protagonismo do aluno”, afirmou.

“O FOFO tem sido muito importante para mim e, com certeza, para todos os outros cursistas. Contribui para meu crescimento como formadora, tem me dado nova visão sobre habilidades e desenvolvimento de competências, que certamente irá permitir maior aprimoramento profissional”, avaliou Elza Abreu, servidora do Tribunal que atua no Núcleo de Apoio Técnico às Varas da Infância e da Juventude.

Para o juiz de Direito substituto Elielton Armondes, o curso foi “extremamente útil”, devido às ferramentas e instrumentos de tecnologias digitais disponibilizados. “Aprendemos principalmente a repassarmos os conteúdos de modo eficiente; também a sermos formadores, com todo aporte teórico, e tutores, em caráter mais prático, como nesta segunda etapa”, completou.

Com mais de 30 anos de atuação no serviço público, Eronilson Cordeiro elogiou a iniciativa da Escola. “Grande oportunidade de aprendizado, conforme as novas exigências e técnicas educacionais, as quais nos habilitam aos novos desafios do mundo tecnológico, que avança na velocidade de um trem bala. Nesse sentido, como servidor do TRE/AC, vejo como de extrema necessidade que outros órgãos de todas as esferas de poder se juntem Esjud, de forma efetiva e comprometida, nessa prática visionária de formação”, considerou.

 

Fonte: Tribunal de Justiça – AC

Comentários

Continue lendo

Acre

No Acre, servidores do Meio Ambiente entrarão em greve dia 24

Publicado

em

Servidores federais de órgãos de Meio Ambiente de 11 estados, incluindo o Acre, decidiram nessa sexta-feira (14) declarar greve geral a partir do próximo dia 24 de junho.

Segundo a Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Especialista em Meio Ambiente (Ascema Nacional), além do Acre, a paralisação também contará com a adesão de servidores dos estados: Espírito Santo, Goiás, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

O Distrito Federal, Bahia e Santa Catarina também decidiram parar, mas a partir do dia 1º de julho. O estado do Ceará votou contra a greve.

Comentários

Continue lendo

Acre

Motorista morre com cabeça esmagada em acidente de trânsito em Rio Branco

Publicado

em

Populares e Samu tentam reanimação, mas o óbito foi confirmado no local.

Na noite deste sábado (15), Romário Teixeira Martins, de 32 anos, sofreu um acidente fatal no km 1 da rodovia AC-10, conhecida como Estrada de Porto Acre, em Rio Branco.

Testemunhas relataram que Romário dirigia um carro modelo Fox, de cor preta e placa NAA-8755, em alta velocidade no sentido Porto Acre/Rio Branco. Ao passar direto em uma curva, o veículo invadiu o terreno de uma residência à margem da rodovia. No trajeto, Romário foi arremessado para fora do carro, que acabou caindo sobre ele, esmagando sua cabeça. Ele sofreu fraturas na face e exposição de massa encefálica, além de uma fratura exposta na perna, morrendo antes de receber atendimento médico.

Populares que passavam pelo local tentaram ajudar Romário. Entre os presentes, um técnico de enfermagem realizou as primeiras manobras de reanimação, mas sem sucesso. Uma ambulância de suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local, mas os socorristas só puderam atestar o óbito de Romário.

Policiais militares do Batalhão de Trânsito isolaram a área para a realização da perícia criminalística. Após os procedimentos, os auxiliares de necropsia do Instituto Médico Legal (IML) recolheram o corpo de Romário para exames cadavéricos. O veículo permaneceu no local, sob a responsabilidade da família proprietária da casa e do terreno onde o carro parou.

Comentários

Continue lendo

Acre

Peão de rodeio pisoteado na cabeça é transferido para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco

Publicado

em

Foto: WhatsApp

Um peão de rodeio, identificado pelas iniciais A.R.M., natural do município de Assis Brasil, será transferido para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (HUERB) na capital do Acre após ser pisoteado durante um rodeio na noite deste sábado, 15, em Brasiléia.

De acordo com informações do hospital local, A.R.M. não conseguiu se segurar no animal durante a montaria, caindo e sendo pisoteado na região da cabeça. O acidente resultou em um possível trauma no lado direito, além de fratura no maxilar.

Devido os ferimentos, a equipe médica de Brasiléia decidiu transferir o peão para a capital, onde ele poderá receber cuidados médicos mais avançados e especializados no HUERB. O peão está consciente sem qualquer perigo maiores.

Um incidente semelhante teria ocorrido na sexta-feira, 14, mas não foi grave e o peão já está na ativa. Segundo a organização do evento, todos os cuidados são tomados para esse tipo de evento, onde existe uma apólice, tipo de seguro para garantir o apoio para os organizadores, atletas, vaqueiros, juízes, peões, palhaços salva vidas, madrinheiros(as) porteireiros, Staff e demais envolvidos, caso venham sofrer alguns imprevistos.

Comentários

Continue lendo