fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Enteada que armou emboscada para assassinar  padrasto é condenada em júri popular

Publicado

em

A decisão foi do Conselho de Sentença da 1ª Vara Tribunal do Júri.

Os dois réus foram considerados culpados por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e também por furto.

O casal Kaio Venicius Santiago Nascimento e Laura da Silva Jesus, foi condenado a mais de 35 anos de prisão pela morte de Francisco das Chagas Bahia Farias, padrasto de Laura.

Francisco das Chagas Bahia, foi assassinado a golpes de faca em 1º de setembro de 2019.

Consta na denúncia do Ministério Público do Acre, que a vítima, que era padrasto de Laura, foi atraída para uma emboscada.

Francisco das Chagas e Laura da Silva, segundo o processo, tiveram um relacionamento amoroso no passado. Tempos depois, ele passou a viver maritalmente com a mãe da acusada.

Mesmo com o novo relacionamento, Francisco das Chagas tentava encontros extra conjugal com a enteada.

Ao descobrir o interesse da vítima por Laura, Kaio Venicius Santiago Nascimento ficou revoltado.

Kaio foi condenado a 16 anos

A partir daí o casal montou uma emboscada para se vingar de Francisco das Chagas. Ao receber um telefonema de Laura, ele foi a residência dela, mas acabou sendo torturado e morto.

O laudo da perícia técnica comprovou 40 lesões de arma branca no corpo da vítima.

No dia seguinte ao crime, Kaio Venicius e Laura da Silva, desovaram o cadáver no Ramal do Riozinho do Rolo, na região da Estrada do Amapá.

O casal ainda subtraiu a motocicleta e o aparelho celular da vítima.

Pelos crimes Kaio foi condenado a 16 anos 6 meses e 20 dias e Laura em 18 anos 6 meses e 10 dias.

Na mesma decisão a Juíza Luana Campos, deferiu o direito do casal de permanecer em liberdade.

Os dois réus chegaram a ser presos, mas respondiam o processo em liberdade.

Comentários

Acre

Vídeo: Catador de latas é flagrado comendo cachorro morto atropelado em Rio Branco

Publicado

em

No início da tarde desta terça-feira (20), uma cena chocante ocorreu em Rio Branco, quando o catador de latinhas, identificado como Ronielson Silva do Nascimento, de 24 anos, foi flagrado comendo um cachorro que havia sido atropelado e morto na Avenida Nações Unidas, no bairro do 7° BEC.

De acordo com relatos da polícia, Ronielson, residente na parte alta da cidade, estava percorrendo as ruas em busca de latinhas para vender quando deparou-se com o animal atropelado. Ignorando a cena, ele teria pegado uma faca e começado a cortar e consumir o corpo do cachorro.

O incidente bizarro chamou a atenção de policiais militares do 1° Batalhão, que imediatamente acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para assistência. Ronielson foi então detido e encaminhado para uma ambulância de suporte básico do Samu, onde foi algemado.

Embora não haja registros de problemas mentais anteriores de Ronielson, nem passagens pelo Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac) ou pela polícia, o jovem foi conduzido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Baixada da Sobral para uma lavagem estomacal. Apesar do comportamento, nenhuma acusação formal foi feita contra ele, uma vez que o animal já estava morto no momento do incidente. A única apreensão foi da faca utilizada.

Comentários

Continue lendo

Acre

A convite de Alan, Gonzaga debate com ministro e senadores maior oferta de voos e passagens mais baratas na Amazônia Legal

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Luiz Gonzaga, participou nesta terça-feira (20) de reunião com o ministro do Turismo, Celso Sabino, e o senador Alan Rick, no Senado Federal, para tratar sobre maior oferta de voos e preços de passagens mais acessíveis entre os estados da Amazônia Legal.

A reunião aconteceu a convite do senador Alan Rick, que reconhece a luta de Luiz Gonzaga pelo desenvolvimento do Acre e parcerias comerciais com estados da Amazônia e países vizinhos como Peru e Bolívia.

Gonzaga agradeceu ao senador Alan pelo convite e afirmou que o debate para melhorar a malha viária do Acre e impulsionar o turismo e relações comerciais entre os estados da Amazônia Legal é fundamental para o desenvolvimento dessa região tão importante para o mundo.

“Este debate e aprovação do projeto de lei de autoria do senador Alan Rick é importante, pois vai gerar emprego e renda e impulsionar a economia do Acre através do turismo e comércio entre os estados e países da América do Sul”, disse.

O ministro Celso Sabino destacou a importância do Acre para o turismo brasileiro e afirmou que o governo irá debater mecanismos pra garantir um maior número de voos para a Amazônia Legal. Ele também pediu que o povo brasileiro visite o Acre.

“A Amazônia Legal concentra hoje a atenção do mundo inteiro e ainda é carente de conexão aérea. Nossa intenção é levar esse debate adiante e proporcionar ainda mais melhorias para a Amazônia. Venham para a Amazônia e conheçam o Acre”, disse o ministro.

Alan Rick agradeceu Gonzaga e ao ministro Sabino pela parceria e afirmou que continuará lutando para que a Amazônia Legal tenha uma oferta maior de voos com qualidade e preço justo.

“Quero agradecer ao presidente da Aleac, Luiz Gonzaga, e ao ministro Celso Sabino pelo apoio aos nossos projetos para a aviação, como o que permite que empresas sul-americanas operem voos de cabotagem nos estados da Amazônia Legal. Seguimos trabalhando para superar os desafios da aviação no Acre e garantir que esse projeto seja aprovado”, concluiu o senador.

Comentários

Continue lendo

Acre

Caminhão boiadeiro causa queda de quatro postes de energia elétrica em Rio Branco

Publicado

em

Na tarde desta terça-feira (20), um incidente na BR-364, próximo a um shopping em Rio Branco, chamou a atenção das autoridades locais. Um caminhão boiadeiro, cujo motorista ainda não foi identificado, foi o protagonista de um acidente que resultou na derrubada de quatro postes de energia elétrica.

Segundo relatos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo, de cor branca e placa BXG-0231, transitava no sentido centro-bairro pela Via Verde quando a barra de direção do caminhão cedeu. Isso levou o veículo a subir no canteiro lateral da pista, ocasionando a queda do primeiro poste. Os demais postes, impulsionados pela fiação de alta tensão, acabaram caindo em sequência.

Felizmente, no momento do acidente, não havia veículos transitando pela rua que dá acesso ao Condomínio de luxo Ecoville, Assaí Atacadista e ao shopping, evitando possíveis ferimentos ou danos adicionais. Contudo, a queda dos postes impediu temporariamente a entrada e saída de veículos nessas áreas comerciais e residenciais.

Os serviços de emergência foram acionados imediatamente. O Corpo de Bombeiros do 1° Batalhão, a Empresa Energisa e a PRF responderam ao chamado, cada um desempenhando seu papel na resolução da situação. Enquanto a PRF controlava o tráfego, interditando parcialmente a pista, o Corpo de Bombeiros estava presente para lidar com possíveis riscos de incêndio ou pessoas eletrocutadas. Os funcionários da Energisa realizaram a substituição dos postes danificados.

Apesar do incidente, o motorista do caminhão boiadeiro saiu ileso e permaneceu no local, colaborando com as autoridades e as empresas terceirizadas envolvidas. O veículo foi posteriormente removido por um guincho, após os procedimentos padrão de segurança.

Comentários

Continue lendo






Em alta