fbpx
Conecte-se conosco

Geral

Empresários e produtores rurais já emprestaram mais de R$ 181 milhões do FNO no Acre

Publicado

em

Empreendedores urbanos e produtores rurais da Região Norte contrataram R$ 4,47 bilhões por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). Os números são relativos aos primeiros cinco meses de 2022 e representam um aumento de 41,45% no volume de recursos financiados no mesmo período do ano passado, quando foram acessados R$ 3,16 bilhões.

Na área de atuação da Sudam, o principal destaque ficou por conta do volume de financiamentos contratados por empreendedores urbanos e produtores rurais do Pará. Eles foram responsáveis pela formalização de contratos que somaram R$ 1,37 bilhão.

Na sequência, aparecem Rondônia, com R$ 1,17 bilhão; Tocantins, com R$ 1,15; Amazonas, com R$ 331,68 milhões; Roraima, com R$ 203,22 milhões; Acre, com R$ 181,82 milhões; e Amapá, com R$ 28,22 milhões.

Os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte são administrados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e pela Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). O responsável pela operacionalização é o Banco da Amazônia.

Embora as operações de crédito sejam voltadas, prioritariamente, a atividades de pequeno e médio porte, também são asseguradas condições atrativas de financiamento a grandes investidores.

A maior parte dos valores foi captada por empreendedores e produtores de menor porte, com um total de R$ 3,95 bilhões (equivalente a 88,8% do total). Outros R$ 496,47 milhões foram contratados por representantes enquadrados na categoria médio e grande portes.

Os Fundos Constitucionais de Financiamento são instrumentos importantíssimos para estimularmos o desenvolvimento nas regiões que são consideradas prioritárias pela própria Constituição. Por meio deles, é possível que os empreendedores e produtores rurais possam desempenhar suas atividades nas suas localidades de origem e levarem, por eles mesmos, o crescimento para essas regiões”, afirma o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira.

Do total de R$ 4,47 bilhões do FNO, 80% do total foi acessado pelo setor rural, que foi responsável pela contratação de R$ 3,58 bilhões. O valor também é um avanço na comparação com 2021, quando o setor financiou R$ 2,43 bilhões.

Em seguida, aparece o setor de comércio e serviços, responsável pela captação de R$ 547,23 milhões. Na sequência, aparecem as áreas industrial (R$ 281,38 milhões), de turismo (R$ 28,11 milhões) e de infraestrutura (R$ 8,23 milhões).

Comentários

Continue lendo

Geral

Fonte Interativa chama atenção no Centro de Rio Branco

Publicado

em

A Praça da Revolução ganhou um novo atrativo, a Fonte Interativa tem atraído muitas crianças e adultos, que não perdem tempo e se jogam nas águas ao ritmo de uma música. A cena tem chamado a atenção de todos que passam pela praça central.

Segundo o gestor da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), Cid Ferreira, a fonte combina som, água e dança, resultando em um espetáculo chamado “dança das águas”. A novidade está encantando as pessoas que pedem para que o funcionamento não se limite apenas ao período noturno, mas que se estenda ao longo de todo o dia, o que vem ocorrendo regularmente nessas últimas Semanas. Mas a administração municipal ainda está organizando o horário de funcionamento da fonte que atualmente, ocorre de 11h às 14h e de 18h às 21h.

“O evento está muito bacana. A população está curtindo e aproveitando bastante essa nova fonte interativa e musical. Sempre que a fonte está ligada, a praça fica cheia de pessoas se divertindo”, afirmou o secretário Cid Ferreira.

Comentários

Continue lendo

Geral

Aplicativo NFF deve facilitar emissão de documentos fiscais de venda de produtos

Publicado

em

Sebrae e Sefaz promoveram workshop para apresentar o APP e tirar dúvidas dos empreendedores

O Sebrae no Acre, junto à Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), realizaram nesta quarta-feira (17), o Workshop de Apresentação da NFF – Nota Fiscal Fácil do Microempreendedor Individual (MEI). O evento aconteceu na sede do Sebrae, com o objetivo de apresentar o novo aplicativo NFF para os empreendedores e esclarecer outras dúvidas sobre emissão de Notas Fiscais pelo MEI.

Voltado especialmente para o MEI, a proposta do App NFF é de simplificar, através de uma plataforma gratuita, a emissão de documentos fiscais, apresentando todas as informações necessárias para emissão dos documentos fiscais de venda de produtos.

O diretor-superintendente do Sebrae, Marcos Lameira, destaca que a emissão está mais ágil com o aplicativo. “Agora os microempreendedores terão mais facilidade ao emitir sua nota fiscal através do aplicativo, basta baixar em seu próprio smartphone. E isso é transformação, inovação, é a melhoria do ambiente de negócios”.

Neste workshop, Sebrae e Sefaz reuniram os microempreendedores para que entendessem sobre a importância da nota fiscal de comércio e de como funciona o processo de emissão, apresentando também soluções, dicas e informações necessárias em relação a esse tipo de documentação.

“A ideia da Sefaz é se aproximar cada vez mais do contribuinte, e o MEI não poderia ficar de fora. Embora ele não seja obrigado a emitir notas fiscais, isso permite que ele venda para órgãos públicos e emita notas fiscais também para o consumidor que pedir aquele documento”, destacou o secretário da Fazenda, Amarísio Freitas.

Segundo a coordenadora de negócios do Sebrae, Julciléia Ferreira, o aplicativo veio para facilitar a vida do empreendedor. “Até um tempo atrás, o empresário precisava pagar por um emissor de nota fiscal e um certificado digital. Hoje ele consegue fazer isso por um app de celular e já encaminhar para onde quiser, em PDF, enviar por WhatsApp e várias outras opções”, explica.

Nota Premiada Acre

Além da apresentação do aplicativo, foi anunciada a Nota Premiada Acre, a SEFAZ apresentou o programa que incentiva o consumidor a solicitar sua nota fiscal com CPF para concorrer a prêmios, reforçando a necessidade de o MEI estar preparado para este momento – de saber emitir a nota sempre que seu cliente solicitar.

Comentários

Continue lendo

Geral

Denúnca aceita: Justiça torna réus envolvidos em execução de foragido 

Publicado

em

Os presidiários Josivânio Saraiva da Silva, o “Metal”, Edilene de Jesus dos Santos e Lucas Cauã de Lima Oliveira, o “Cyborg”, passaram a ser réus pelo assassinato de Mailon de Oliveira Ferreira.

A decisão é do Juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar Flávio Mariano Gundim, que aceitou a denúncia do Ministério Público do Acre.

Josivânio, Edilene e Lucas vão responder ação penal, que é a produção de provas no âmbito da Justiça pelos crimes de homicídio, corrupção de menores e ainda por integrar organização criminosa.

Mailon de Oliveira, que era foragido do presídio, foi assassinado  no dia 18 de agosto do ano passado.

Consta na denúncia do Ministério Público do Acre, que Mailon de Oliveira, que era foragido do presídio, foi assassinado  no dia 18 de agosto do ano passado.

O crime aconteceu no ramal do Pastor, no Benfica, Região da Vila Acre, no 2º Distrito da cidade.

O corpo da vítima, foi encontrado com as mãos amarradas para trás e com sinais da tortura.

Consta na investigação que Josivânio Saraiva foi o mandante do crime, enquanto Edilene de Jesus, teria conduzido o carro que levou a vítima ao local do homicídio e Lucas Cauã teria sido o executado direto do assassinato.

Comentários

Continue lendo