Família perdeu toda a feira e bombeiros devem doar três sacolões. Moradores usam pequenas embarcações para fazer travessia quando igarapé transborda.

Embarcação afunda em Rio Branco com duas crianças dentro quando tentavam atravessar igarapé — Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros
Por Alcinete Gadelha

Uma embarcação de pequeno porte afundou com três pessoas, incluindo duas crianças de 8 e 11 anos, no Igarapé São Francisco, no Bairro Mocinha Magalhães, em Rio Branco. Todos estão bem, segundo o Corpo de Bombeiros.

De acordo com o major Falcão, a guarnição foi acionada para atender o chamado de afogamento e, ao chegar ao local, as crianças tinham sido colocadas em uma árvore.

“Tem famílias que moram ali e o igarapé transbordou e algumas pessoas ficaram ilhadas e elas usam essa embarcações pequenas para fazer a travessia”, disse Falcão.

O major disse que ao chegar no meio do igarapé a canoa alagou e acabou afundando. Mas, o adulto conseguiu resgatar as duas crianças.

“O senhor, que é pai de uma das crianças e tio da outra, conseguiu pegar elas e colocar em uma árvore e ainda tentou resgatar o barco”, contou.

Os bombeiros chegaram ao local, ajudaram a concluir o resgate e disponibilizaram uma embarcação para dar apoio na travessia da família que é de aproximadamente 15 pessoas e está ilhada na região.

Falcão ainda informou que no acidente, a família perdeu a feira que estava na embarcação e, por isso, a guarnição vai doar três sacolões para minimizar o trauma e ajudar na alimentação da família.

Comentários