Em menos 24 horas: Polícia Civil identifica trio acusado de assassinar jovem em Epitaciolândia

 

Na noite desta quinta-feira, dia 16, o jovem identificado como Railan Furtado Pereira, de 18 anos, chegava em sua casa na invasão localizada dentro do Bairro Liberdade, quando foi  surpreendido por alguns indivíduos e assassinado a tiros.

Investigadores da polícia civil de Epitaciolândia, iniciaram as buscas por suspeitos e em menos de 24 horas, identificou os principais envolvidos. O principal acusado de ter efetuado os disparos e mais dois comparsas foram detidos, sendo um menor de idade.

A arma, um revólver calibre 38 foi localizada com o acusado. Este alegou que Railan teria traído o grupo criminoso saindo para seguir a religião, mas, desconfiavam que havia mudado para o grupo rival.

Acusado de ter efetuado os disparos foi identificado e preso.

Mas, o principal motivo, seria pelo fato de lhe ter tomado sua namorada enquanto esteve preso no presídio da Capital. Durante todo o dia desta sexta-feira (17), os investigadores conseguiram localizar os três que foram até a casa da vítima para lhe tirar a vida.

O crime foi premeditado e o caso foi dado como encerrado pela polícia civil de pois da prisão dois maiores e apreensão do menor. A arma, juntamente com todos foram levados para a delegacia onde foram ouvidos pelo delegado e encaminhados ao judiciário.

Os dois maiores serão transferidos para o presídio na capital e o menor ficará a disposição do juizado local. O delegado titular de Epitaciolândia, Luís Tonini, falou sobre o caso.

MATÉRIA RELACIONADA:

Jovem é assassinado a tiros quando chegava em casa após culto religioso em Epitaciolândia

Comentários