fbpx
Conecte-se conosco

Geral

Em júri popular; Homem que matou “amigo” é condenado

Publicado

em

José Ademir Silva de Araújo, que matou um conheicdo, após discussão foi condenado pela 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco. O réu deve cumprir 12 anos de reclusão em regime inicial fechado por ter cometido o crime de homicídio qualificado por recurso que dificultou a defesa do ofendido (artigo 121, § 2°, IV, do Código Penal).

Conforme a denúncia do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), tanto a vítima quanto o réu e algumas pessoas estavam bebendo juntos, em fevereiro de 2014, quando o réu começou a discutir com Francenildo Oliveira da Silva, tendo inclusive entrado em uma luta corporal. Mas, foram separados por terceiros. Então, o acusado foi em casa, se armou com duas facas, voltou ao local, e deu três golpes na vítima, que morreu em função dos ferimentos.

O Conselho de Sentença depois de participar do julgamento considerou o denunciado culpado e a juíza de Direito, Luana Albuquerque, titular da unidade judiciária, realizou a dosimetria da pena do réu. Conforme explicou a magistrada, as consequências do crime são graves, pois a vítima era responsável pelo sustento de um filho pequeno e da esposa.

“(…) a vítima tinha um filho menor de idade e esposa que dependiam financeiramente dela e com seu falecimento, além da perda do pilar familiar, experimentaram dificuldades financeiras. Aliado a isso, segundo relato do irmão da vítima, o filho desta, que a época era menor, perguntava bastante sobre o pai e hoje mostra-se bastante introspectivo”, registrou a juíza.

Comentários

Continue lendo

Geral

Na cadeia: Polícia Civil  prende cantor sertanejo em boate de Rio Branco 

Publicado

em

O cantor sertanejo das iniciais Hangell Borges foi preso na madrugada deste sábado, 25, na boate MOON, em Rio Branco. A ação policial foi realizada por agentes da Delegacia Interestadual (Polinter).

O sertanejo foi abordado pelos agentes da Polinter por volta das duas horas da manhã.

Ele estava com a prisão preventiva decretada  há vários dias por não pagar pensão alimentícia.

De acordo com informações, por várias vezes agentes da Polícia Civil tentaram cumprir a ordem judicial, mas o cantor não era encontrado no endereço fornecido.

O mandado de prisão foi enviado a Polinter e na madrugada deste sábado uma equipe comandada pelo delegado Roberth Alencar localizou o cantor e cumpriu a ordem judicial.

Segundo informações, o cantor que exibia uma vida de festa e luxo nas redes sociais, deve R$ 30 mil de pensão alimentícia.

Comentários

Continue lendo

Geral

Chuvas devastam agronegócio gaúcho: prejuízos já se aproximam dos R$ 3 Bilhões

Publicado

em

Por

As chuvas intensas que assolam o Rio Grande do Sul há mais de um mês continuam a causar estragos significativos em diversos setores da economia do estado. De acordo com o boletim divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) nesta sexta-feira (24.05), as perdas financeiras na agricultura já somam R$ 2,7 bilhões, um aumento em relação aos R$ 2,2 bilhões contabilizados no último sábado (18.05). Além disso, os danos econômicos gerais no estado subiram de R$ 4,6 bilhões para R$ 10,6 bilhões, conforme a CNM.

Os cálculos apresentados pela Confederação são parciais e podem variar diariamente. Até o momento, apenas 94 municípios inseriram os valores de prejuízos públicos e privados no sistema da entidade, o que sugere que os números podem ser ainda maiores à medida que mais dados sejam contabilizados.

O setor pecuário também foi duramente atingido, com perdas que passaram de R$ 220,5 milhões no relatório anterior para R$ 245,4 milhões no boletim mais recente.

A CNM destaca que os danos causados pelas chuvas estão impactando severamente a economia gaúcha, exigindo atenção e medidas urgentes para mitigação e recuperação. O cenário de calamidade reforça a necessidade de apoio estadual e federal para os municípios mais afetados, garantindo que recursos e assistência cheguem rapidamente às regiões devastadas.

Fonte: Pensar Agro

Comentários

Continue lendo

Geral

Segurança particular sofre parada cardíaca e morre em rua de Epitaciolândia

Publicado

em

Antônio Sansão dos Santos Filho, de 48 anos, morreu após sofrer uma parada cardíaca na Rua Capitão Pedro Vasconcelos, em Epitaciolândia, na noite desta sexta-feira (24). O incidente ocorreu em frente a um posto de saúde do município.

De acordo com testemunhas, Antônio, que era segurança particular e morador de Epitaciolândia, caiu na calçada após se sentir mal. Infelizmente, ele faleceu antes de receber atendimento médico.

A Polícia Civil e Militar foram acionada e ao constatarem o óbito, foi enviado o veículo do Instituto Médico Legal (IML) para resgatar o corpo e levá-lo ao hospital para os procedimentos necessários e encaminhamento ao necrotério.

As autoridades policiais estão tratando o caso como morte natural. Antônio era conhecido na comunidade local e sua morte causou comoção entre os moradores e familiares.

Comentários

Continue lendo