fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Em cinco meses, Acre já registrou quase 400 ocorrências de estupro, diz observatório

Publicado

em

Em 2023 foram notificados 887 casos, se tornando o ano com maior número de ocorrências desde 2021

Rio Branco é a cidade com maior número de ocorrências, notificando 170 ocorrências, sendo 42,61% do total dos casos. Cruzeiro do Sul vem em segundo lugar, com 37 casos. Foto: Agência Acre

Maria Fernanda Arival

Nos últimos meses, os noticiários foram tomados por prisões sob acusação de estupro e estupro de vulnerável no Acre. Em apenas cinco meses, 399 casos de estupro foram registrados no estado, segundo o Observatório de Análise Criminal do Ministério Público do Acre (MPAC).

No painel de acompanhamento de registros de ocorrências de estupro e estupro de vulneráveis, que conta com informações do Sinesp-PPE da Polícia Civil do Acre, há disponíveis os dados de janeiro a maio, que apontam que foram registrados 86 casos em janeiro, 71 em fevereiro, 59 em março, 83 em abril e 100 em maio. O quinto mês do ano foi o que mais ocorreram notificações do crime. Neste mesmo período, entre janeiro e maio de 2023, foram notificados 315 casos.

Os números apontam ainda que a maioria dos casos são de estupro de vulnerável, sendo 75,44% das ocorrências, o que equivale a 301 registros. Segundo os dados, as ocorrências que registradas neste ano equivalem a 44,9% do total registrado no ano anterior. Em 2023 foram notificados 887 casos, se tornando o ano com maior número de ocorrências desde 2021.

Rio Branco é a cidade com maior número de ocorrências, notificando 170 ocorrências, sendo 42,61% do total dos casos. Cruzeiro do Sul vem em segundo lugar, com 37 casos. Jordão é o único município com nenhum caso registrado em 2024.

Fonte: Observatório de Análise Criminal do Ministério Público do Acre

Relembre casos de 2024

Em maio, um vereador foi preso acusado de estupro de vulnerável contra um menino de 11 anos em Assis Brasil, no interior do Acre. Segundo o g1, a prisão do parlamentar ocorreu após a sessão na Câmara Municipal de Vereadores.

Ainda em maio, o Conselho Tutelar de Sena Madureira revelou que somente neste ano já foram registrados dez casos de estupro de vulnerável no município, englobando tanto a zona urbana quanto a rural.

No mês de maio, apontado como o período com maior número de ocorrências em 2024, um homem, que não teve a identidade revelada, foi condenado a 16 anos de prisão por estuprar a própria irmã, em Cruzeiro do Sul. Os abusos só cessaram quando a vítima engravidou.

Segundo as investigações conduzidas pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Proteção à Mulher, Criança e Adolescente, os estupros iniciaram quando a menina tinha apenas 7 anos  e o irmão entre 14 e 15 anos de idade e duraram por cerca de sete anos.

Também em maio, o técnico de enfermagem identificado pelas iniciais F.S.A., de 55 anos, foi preso na noite do último domingo (26) durante a troca de plantão na Maternidade de Rio Branco, acusado pelo estupro de duas irmãs.

Segundo informações do delegado responsável pelo caso, Aldizio Neto, os agentes passaram cerca de uma semana tentando capturar o criminoso. Em determinado momento conseguiram descobrir que ele estaria de plantão no domingo, então fizeram campana para aguardar sua saída do trabalho. Ele foi preso na portaria da maternidade.

Casos de estupro registrados desde 2021 no Acre/Fonte: Observatório de Análise Criminal do Ministério Público do Acre

Estupro no Código Penal

De acordo com o Código Penal Brasileiro, em seu artigo 213 (na redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009), estupro é: constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso. O estupro é considerado um dos crimes mais violentos, sendo um crime hediondo, segundo o site jus.com.br.

No Código Penal Brasileiro, o crime de estupro está dentre os crimes contra a dignidade sexual. Segundo o texto, constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir com que ele pratique outro ato libidinoso, tem como pena reclusão de 6 a 10 anos.

Se a conduta resultar lesão corporal de natureza grave ou se a vítima é menor de 18 anos ou maior de 14 anos, a pena é reclusão de 8 a 12 anos. Caso a conduta resulte em morte, a pena é de reclusão de 12 a 30 anos.

Dos crimes sexuais contra vulnerável

Segundo o Código Penal, “ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos”, tem pena de reclusão de 8 a 15 anos. Incorre na mesma pena quem pratica com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.

Se a conduta resultar lesão corporal de natureza grave, a pena é reclusão de 10 a 20 anos e se a conduta resultar em morte, a pena é reclusão de 12 a 30 anos.

Observatório de Análise Criminal

É um setor destinado ao estudo e acompanhamento dos fatores desequilibrantes dos níveis razoáveis de violência e criminalidade, tendo como tarefa prioritária possibilitar aos tomadores de decisão o acesso a um conhecimento válido e de caráter consultivo e subsidiário, com foco na formulação e avaliação de estratégias de prevenção e controles dos eventos criminógenos.

Comentários

Continue lendo

Acre

Conheça as nove candidatas ao Miss Universo Acre 2024; Brasiléia e Xapuri estará no evento que acontece no dia 8 de agosto

Publicado

em

O Teatro Hélio Melo se prepara para sediar o Miss Universe Acre em uma noite especial marcada para 8 de agosto. O evento promete reunir influenciadores, imprensa e convidados especiais em uma celebração da beleza e cultura acreana.

O Miss Universe Acre 2024 contará com representantes de diversas localidades do estado, reunindo talento e beleza em uma competição que promete destacar o melhor da cultura acreana. Art cedida

Com organização 

Allex Tomás, conhecido por sua atuação à frente do Miss Universe Acre, está promovendo evento que combina moda, cultura e um forte compromisso com a solidariedade. O evento, marcado para [data e local], não apenas destaca a beleza das participantes, mas também tem um propósito humanitário significativo.

Cada convidado do evento é solicitado a doar 2 quilos de alimentos não perecíveis, que serão direcionados ao Projeto Olhar Diferente. Este projeto desempenha um papel crucial ao oferecer assistência a famílias em situação de vulnerabilidade social em Rio Branco, proporcionando recursos essenciais para aqueles que mais precisam.

Allex Tomás enfatiza a importância de unir a estética com a responsabilidade social, transformando o evento em uma plataforma para promover mudanças positivas na comunidade. A iniciativa não só celebra a cultura e a beleza, mas também demonstra um compromisso tangível com o bem-estar dos menos favorecidos.

Coordenador do Miss Universe Acre, à organização do evento não está apenas celebra a beleza e a cultura, mas também marca a contagem regressiva para a final nacional do Miss Universe Brasil, agendada para 19 de setembro em São Paulo. O evento visa promover a solidariedade através da arrecadação de alimentos para o Projeto Olhar Diferente, apoiando famílias em situação de vulnerabilidade social em Rio Branco.

“Estamos ansiosos para receber todos os nossos convidados no Teatro Hélio Melo para uma noite memorável de beleza, cultura e solidariedade. O Miss Universe Acre não é apenas um evento de moda, é uma oportunidade de unir nossa comunidade em torno de causas importantes”, declarou Allex Tomás.

A noite promete ser uma celebração da diversidade e da solidariedade, combinando o glamour do concurso com um propósito nobre de apoiar famílias em situação de vulnerabilidade social em Rio Branco.

O Miss Universe Acre 2024 apresenta um grupo diversificado de candidatas, cada uma representando uma localidade única do estado. As participantes deste ano são:

  1. Rio Branco (1ª candidata)
  2. Rio Branco (2ª candidata)
  3. Feijó (1ª candidata)
  4. Feijó (2ª candidata)
  5. Ipixuna
  6. Tarauacá
  7. Cruzeiro do Sul
  8. Xapuri
  9. Brasiléia

Cada uma dessas mulheres não apenas compete pelo título de Miss Universe Acre, mas também representa orgulhosamente sua cidade e região. O concurso, que será realizado no Teatro Hélio Melo em 8 de agosto, promete ser uma noite emocionante de elegância, cultura e apoio comunitário.

Destacamos as candidatas por suas respectivas localidades, fornecendo uma visão geral das participantes do Miss Universe Acre 2024 e preparando o terreno para o evento em 8 de agosto.

Citação de Allex Tomás:

“Estamos muito felizes em ter candidatas tão talentosas e dedicadas neste ano. Elas são verdadeiras representantes da diversidade e da beleza do nosso estado, e mal podemos esperar para vê-las brilhar no palco do Miss Universe Acre”, afirmou Allex Tomás, coordenador do evento.

Comentários

Continue lendo

Acre

Polícia Militar celebra primeira formatura do Proerd em escola indígena de Tarauacá

Publicado

em

A Polícia Militar do Acre (PMAC) realizou nesta terça-feira, 23, uma formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) na Escola Estadual Indígena Estirão do Caucho, localizada na Aldeia do Caucho, em Tarauacá. O evento marcou a primeira vez que o programa foi implementado em uma escola indígena na região, formando 45 alunos após duas semanas de curso intensivo.

Formandos eram alunos do 5º e do 7º ano. Foto: cedida

A cerimônia contou com a presença de autoridades civis e militares do município. Entre os formandos, 22 eram alunos do 5º ano e 23 do 7º ano. O programa, que visa educar jovens sobre os perigos das drogas e da violência, teve um impacto significativo na comunidade.

O tenente-coronel Jamisson Neri, comandante do 7º Batalhão da PMAC de Tarauacá, destacou a importância desse marco para a aldeia e para a PMAC. “Este momento é histórico para todos nós. Trazer o Proerd para as aldeias não apenas reforça nosso compromisso com a educação e a segurança das nossas crianças, mas também fortalece os laços de respeito e colaboração com as comunidades indígenas. Estamos plantando sementes de esperança e proteção para o futuro de nossos jovens”, afirmou.

Tenente-coronel Jamisson Neri é comandante do 7º Batalhão, em Tarauacá. Foto: cedida

A iniciativa demonstra o esforço contínuo da PMAC em expandir suas ações educacionais e preventivas para todas as áreas do estado, incluindo as mais remotas, visando construir uma sociedade mais consciente e segura para todos.

Comentários

Continue lendo

Acre

Homem é eletrocutado enquanto instalava antena e tem quase 20% do corpo queimado

Publicado

em

O homem estava no local a trabalho quando levou o choque/Foto: Reprodução

Um acidente envolvendo eletricidade ocorreu no início desta semana no interior do estado do Acre, em Cruzeiro do Sul, quando um homem chamado Elton Santana de Melo, morador do município de Guajará-Mirim, em Rondônia, que estava instalando uma antena de internet, recebeu a descarga, caindo de uma altura aproximada de quatro metros.

Melo apresenta queimaduras de primeiro e segundo grau no rosto e nos membros inferiores, com os machucados atingindo cerca de 18% de seu corpo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado pouco depois do acidente, encontrando o homem dentro de um veículo, recebendo assistência de populares que estavam no local.

A vítima foi prontamente encaminhada ao centro cirúrgico, já passando por procedimentos para tratar as queimaduras no corpo. Ele se encontrava consciente durante o resgate, e conseguiu explicar à equipe de socorristas que o acidente ocorreu enquanto tirava fotografias que atestam a instalação da antena.

 “Estávamos em uma escola no final do Ramal 3 para fazer um relatório fotográfico das antenas VSat que ele tinha instalado na semana passada. Naquela ocasião, havia um fio de alta tensão passando por cima da escola. Ele me disse que, devido ao sol muito forte, não conseguiu ver o fio”, disse Madson Oliveira, que acompanhava Melo durante o momento do acidente, e relatou o ocorrido ao site jurua24horas.

Comentários

Continue lendo